Entrevista – Roberto Rocha Júnior destaca algumas ações durante seu mandato como vereador

Durante Minha entrevista Hoje Pela Manhã no Programa Bastidores da Capital, na Rádio Capital AM 1180, tiva uma Oportunidade de conversar com OS ouvintes Sobre Alguns dos principais Projetos defendidos Pelo meu mandato Como vereador de São Luís. Na Oportunidade, also Falei Sobre a entrevista that o vereador Estevão Aragão concedeu semana Passada, Nesse MESMO Programa, na qua apontou meu nome Como Mais uma alternativa fazer PSB parágrafo disputar a Prefeitura de São Luís.
Em Primeiro  lugar, gostaria de Agradecer Ao vereador Estevão Aragão Pela Confiança, e Dizer que me Sinto Muito honrado Pela indicação do meu nome Como Mais uma alternativa viável Que o PSB terá na Disputa das Eleições majoritárias Desses ano. Ja Como Falei em OUTRAS Entrevistas, Nós Somos Ferramentas do partido e, portanto, TEMOS that Seguir como Diretrizes Dadas Pela Direção Nacional, Que Já determinou Que Haja candidatura Própria parágrafo prefeito em São Luís.
Apesar de o Deputado Bira do Pindaré also Já ter apresentado Seu nome Como pré – candidato à Prefeitura cabelo PSB, sabemos Que Toda candidatura e Um Processo Democrático. E Como percebo Que o meu nome TEM ganhado força * Entre como lideranças do Nosso partido, e como sou o Único vereador cabelo PSB na Capital, Bem Como o Único Político that dispoe de mandato em Âmbito Municipal POR ESSA sigla, ISSO me legitima e me motiva um also deixar meu nome à disposição da legenda Como Mais uma Opção Que o partido terá de consolidar o Seu Projeto na Eleições Municipais Desse ano na capital de Nossa.
O momento ágora E de Bastante Conversa, Bastante Diálogo Dentro do partido. Defendo a ideia do Deputado Bira, de that um previa E A Melhor Maneira de Escolher o representante Pará Liderar uma chapa na Disputa Pela Prefeitura, visto NÃO haver Maneira Mais Democrática.
Enfim, este embate no Campo das Ideias, Além de salutar, E essencial para o Futuro da Nossa Cidade. O Nosso partido, PSB, Esta compromissado e engajado no Projeto de conquistar Mais Oportunidades Para A Nossa Gente e Dias Melhores Paragrafo Nossa Cidade.
Compartilhar

Roberto Rocha Júnior solicita academia ao ar livre para bairro Vicente Fialho

O parlamento da Câmara Municipal de São Luís aprovou, por unanimidade, durante a sessão desta segunda-feira, 21, requerimento solicitando que a Prefeitura, por meio da Semosp e Semdel, implante uma academia de ginástica ao ar livre, no bairro da Vila Vicente Fialho. A solicitação foi feita pelo vereador Roberto Rocha Júnior (PSB), com o objetivo de incentivar a prática de atividades físicas para as pessoas que não têm condições financeiras de frequentar uma academia convencional, principalmente as da terceira idade.
Em seu pronunciamento, o vereador destacou que a academia deverá conter todos os equipamentos necessários para que todos os moradores da Vicente Fialho possam exercitar-se gratuitamente e em segurança, combatendo o sedentarismo, bem como todas as doenças provocadas por ele.
“Sabemos que as academias convencionais ainda são privilégios de poucos, portanto, nossa intenção é, além de oferecer um espaço de lazer, também estimular a prática de exercícios físicos, para que eles se tornem acessíveis para todas as pessoas, sobretudo para as mais idosas, que necessitam de cuidados especiais para que possam adquirir mais qualidade de vida”, pontuou Rocha Júnior.
Depois de aprovada pelo plenário da Câmara, a proposição foi encaminhada ao gabinete do prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PDT).
Compartilhar

Mais uma prova de como a Globo Manipula você!

Brasil 247 – O momento enfrentado pelo grupo Globo, da família Marinho, é delicado. No fim de semana, centenas de pessoas protestaram diante da sede da emissora no Rio de Janeiro. Pouco depois, um grupo invadiu um triplex em Paraty (RJ), cuja propriedade é atribuída aos Marinho, que negam serem donos da casa. Ontem, integrantes do MST invadiram a sede da afiliada da Globo em Goiânia, o que mereceu notas de repúdio de entidades ligadas ao jornalismo (saiba mais aqui).
Por trás do cerco à Globo, está a percepção de que a emissora dos Marinho hoje atua, assim como em 1964, com o propósito claro de fragilizar a democracia brasileira. E o problema é que a Globo, com seu noticiário enviesado, de fato alimenta essa percepção.
Na sexta-feira passada, por exemplo, quando a Globo decidiu entrar de cabeça na história da suposta delação de Delcídio Amaral (PT-MS) – não homologada pela Justiça e negada pelo próprio “suposto delator” –, o jornal O Globo chegou às bancas e casas de seus assinantes com uma manchete triunfante e definitiva: “Delação de Delcídio põe Dilma no centro da Lava-Jato”.
Hoje, quando se sabe que o senador Aécio Neves está na mesma hipotética delação, por seu suposto envolvimento nada republicano numa CPI, o Globo esconde a notícia no pé da primeira página e nem cita o presidente nacional do PSDB em seu título.
Na semana passada, após o vazamento da suposta delação de Delcídio, Aécio convocou uma reunião de emergência da oposição, decretou pela enésima vez a morte do governo da presidente Dilma Rousseff e decidiu retomar a pressão pelo impeachment, informando que anexaria a suposta delação de Delcídio ao pedido inicial, aprovado por Eduardo Cunha (PMDB-RJ).
Coincidência ou não, Aécio passou a dizer, agora, que a suposta delação de Delcídio só será anexada ao pedido de impeachment depois de ser homologada – uma vez citado, pode até ser que o senador passe a trabalhar contra sua homologação.
Por último, mas não menos importante, na semana passada todos os veículos de comunicação do grupo Globo relativizavam o fato de o próprio Delcídio ter negado, em nota, o teor da delação atribuída a ele. Hoje, o Globo publica declaração de um dos advogados de Delcídio, Antonio Figueiredo Basto, afirmando que “documentos falsos estão sendo publicados” e, de novo, negando a delação.
Ou seja: no mundo da Globo, ela só seria verdadeira, se atingisse apenas o PT e a presidente Dilma. Contra Aécio, vira mentira.

Compartilhar

Câmara Municipal aprova projeto que incentiva o reaproveitamento total dos alimentos nos mercados de São Luís

O desperdício de alimentos é um dos principais problemas das feiras livres de todo o Brasil. Em São Luís, para ajudar a evitar o descarte de hortifrútis que ainda podem ser consumidos, a Câmara Municipal aprovou, nesta segunda-feira, 07, requerimento que propõe a implantação do projeto “Desperdício Zero de Alimentos nos Mercados Municipais de São Luís”. O objetivo é promover ações como cursos, oficinas e palestras para conscientizar e capacitar os feirantes sobre a importância do aproveitamento total de alimentos não utilizados comercialmente, como folhas, sementes, talos e cascas, além de promover a diminuição do lixo orgânico nos mercados.

A proposição foi apresentada pelo vereador Roberto Rocha Júnior (PSB), e recebeu parecer favorável de todos os parlamentares presentes na sessão.

Uma das ações do projeto consiste em instalar uma cozinha escola em cinco mercados de São Luís. Elas serão uma espécie de cozinhas experimentais, totalmente projetadas, onde os feirantes irão receber as oficinas de transformação de alimentos, além de aprenderem a utilizarem partes de alimentos não convencionais e de alto valor nutricional, que na maioria das vezes são jogadas no lixo. Nessa cozinha, eles também irão aprender com profissionais da área, todas as práticas de manipulação e padrões de higiene, dentro das normas da ANVISA.

Roberto Júnior salientou que caberá à Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Pesca e Abastecimento (Semapa), a responsabilidade de realizar as ações que serão abrangidas pelo projeto, tais como palestras educativas; levantamento dos tipos de alimentos mais desperdiçados; realização de oficinas de culinária e de compostagem; cadastramento dos feirantes, por meio da aplicação de questionário para conhecimento dos hortifrútis que comercializam, bem como o tipo de abastecimento; capacitação dos estudantes e voluntários que participarão do recolhimento e seleção das sobras de alimentos, dentre outras atividades.

Estamos trabalhando nesse projeto desde o ano passado, pois temos consciência da grande quantidade de alimentos que são desperdiçados diariamente, não só pelos que consomem, mas também pelos que comercializam. Hoje 58% do lixo produzido em todo o Brasil é proveniente de alimentos não comercializados, gerando prejuízos sociais e econômicos enormes. Dessa forma, a nossa proposta visa fazer um contraponto com essa realidade, pois pretende não somente conscientizar, mas, sobretudo, capacitar os feirantes de nossa cidade, sobre todas as técnicas de reaproveitamento total desses alimentos, além de formar agentes multiplicadores nos mercados”, disse Roberto Rocha Jr., autor da proposta.

O parlamentar disse ainda que, por apresentar um alto volume de descarte de alimentos, o mercado do bairro João Paulo deverá ser um dos primeiros a ser contemplado com a iniciativa. A meta é reduzir o desperdício em ate 100%.
Compartilhar

Prefeitura firma parceria para formação de professores e coordenadores pedagógicos da zona rural

Prefeitura firma parceria para formação de professores e coordenadores pedagógicos da zona ruralA Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal de Educação (Semed), em parceria com a Fundação Abrinq e o Instituto Alcoa, realizaram nesta quarta-feira (2) e quinta-feira (3) o primeiro encontro de formação do Projeto “Ciranda do Aprender”, que propõe a qualificação de práticas pedagógicas no ambiente da Educação Infantil. Cinco escolas da rede municipal da zona rural de São Luís participaram do evento, realizado no auditório da Semed (São Francisco). Compareceram à primeira etapa da formação professores, coordenadores pedagógicos e gestores das Unidades de Educação Básica (U.E.B.), de Educação Infantil.
O secretário municipal de Educação, Moacir Feitosa, destacou a importância da formação continuada para o fortalecimento e a melhoria das práticas pedagógicas das escolas municipais. “Estamos seguindo as determinações do prefeito Edivaldo, de buscar desenvolver ações em prol da melhoria da qualidade do ensino para os estudantes da rede municipal, o que passa necessariamente pela qualidade da formação dos docentes. Cumprimento também os parceiros deste projeto, pela oportunidade de aperfeiçoamento que estão ajudando a proporcionar aos nossos educadores”, disse o titular da Semed.
Participam do projeto “Ciranda do Aprender” cinco escolas da rede municipal: as U.E.B. Evandro Bessa (Estiva), Evandro Bessa (Santa Bárbara), Joaquim Pinto (Maracujá), Amaral Raposo (Pedrinhas) e o anexo Luz Divina (Coqueiro).
APRENDIZADO
Além da formação realizada esta semana, o projeto prevê ainda outros cinco encontros mensais, culminando em um seminário municipal para compartilhar as experiências e os desafios vivenciados no decorrer do projeto. “A formação tem estratégias que os professores podem utilizar para contribuir com o desenvolvimento do raciocínio lógico, da leitura, linguagem e da comunicação, estimulando a aprendizagem de crianças de 4 e 5 anos”, observa a formadora Tatiana Gamba, técnica educacional da Fundação Abrinq e coordenadora do projeto.
A programação do encontro desta semana incluiu a apresentação dos indicadores de qualidade da educação infantil, com dinâmicas e discussões sobre o papel dos educadores nesse contexto e a discussão de estratégias para uma educação de qualidade. Para as próximas etapas da formação, está prevista a abordagem dos temas: Educação inclusiva e questões étnico-raciais; Orientações sobre o trabalho junto às famílias; Práticas de contação de histórias; Práticas de jogos, músicas e brincadeiras. O projeto também desenvolverá ações direcionadas às famílias que residem próximas à área escolar e monitorará a implementação das práticas pedagógicas apresentadas na formação.
A professora Márcia Machado, da U.E.B. Joaquim Pinto, avaliou positivamente a atividade. “O primeiro encontro serviu para esclarecer várias dúvidas que eu tinha com relação aos indicadores da educação infantil e para refletir sobre as minhas práticas pedagógicas. Com certeza, adquiri novos conhecimentos, ajudando no trato com as famílias das crianças e aperfeiçoando o trabalho lúdico que já desenvolvemos em sala de aula, seja no manuseio de jogos, na contação de histórias, ou em outra atividade de rotina da sala de aula”, assinalou a professora.
Compartilhar

Prefeito Edivaldo reativa Centro de Produção de Mudas do polo agrícola de Anajatiua

Prefeito Edivaldo reativa Centro de Produção de Mudas do polo agrícola de AnajatiuaO prefeito Edivaldo participou nesta quinta-feira (3) do ato de reativação do Centro de Produção de Mudas do Polo Agrícola de Anajatiua, na zona rural de São Luís. A revitalização do Centro, que estava paralisado há mais de 10 anos, é uma ação realizada pela Prefeitura de São Luís, em parceria com o governo do Estado e a Alumar. Durante visita aos canteiros de mudas do Centro, o prefeito Edivaldo conversou com agricultores locais e garantiu o apoio necessário para promover o desenvolvimento e o fortalecimento da agricultura familiar no município.
Acompanhado da primeira-dama, Camila Holanda, e dos secretários municipais Lula Fylho (Governo); Helio Soares (Articulação política)  e do vereador Osmar Filho, o prefeito Edivaldo destacou a reativação do Centro de Produção de Mudas como uma ação importante para conceder infraestrutura aos pequenos agricultores da capital, estimular a geração de renda no campo e reduzir os índices de insegurança alimentar.
“Para reativar este centro de produção de mudas, utilizamos de toda a transversalidade do poder público, buscamos as parcerias necessárias para beneficiarmos as nossas comunidades rurais. Com um olhar mais atento e muita vontade de trabalhar, conseguimos reativar este importante Centro de Produção de Mudas, que vai movimentar a economia da zona rural e promover uma cadeia que envolve os agricultores familiares”, disse o prefeito Edivaldo.
Além do fornecimento dos insumos agrícolas e da assistência técnica, a Prefeitura de São Luís garante aos agricultores apoio para a compra dos alimentos produzidos pelos agricultores beneficiados pelo Centro de Produção de Mudas de Anajatiua, por meio do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) e do Programa Nacional de Alimentação Escolar (Pnae).
ATIVIDADES
Além do fornecimento dos implementos como estufa, bandejas, kits de irrigação e sementes de diversas variedades, o Centro de Produção de Mudas do Polo Agrícola de Anajatiua recebeu ainda reformas na estrutura utilizada como espaço para capacitação agrícola.
O centro tem capacidade para produzir 120 mil mudas, ao mês, de variedades culturas como, alface, couve, pimentão, pepino, cebolinha, coentro, jiló, maracujá, quiabo, maxixe e outras. As mudas serão vendidas a baixo custo aos agricultores familiares da região.
O responsável pelo centro de mudas, Tenório Emerson Rodrigues, destacou a importância da reativação do local. “Considero de extrema importância essa busca do poder público por trazer a agricultura para a sua pauta principal. Existem muitos agricultores na zona rural que necessitam desse aporte para melhorar suas estruturas físicas e de produção”, disse o técnico.
Presente ao ato de reativação do Centro de Produção de Mudas, o agricultor familiar  José de Ribamar Ferreira, do Polo de Anajatiua, considerou louvável a iniciativa de revitalizar o espaço. “Adquirindo as mudas já prontas, temos uma significativa redução nos custos de produção, porque elas já vão direto para o plantio no solo a um preço baixo e com grande qualidade”, disse o agricultor.
Compartilhar

Assinado convênio que garante a reforma de campos e quadras poliesportivas de São Luís

Na tarde desta terça-feira, 01, foi oficializada a assinatura de contrato de repasse entre o Ministério de Esportes e a Secretaria Estadual de Esporte e Lazer (Sedel), na ordem de 1.500.000,00 (um milhão e meio de reais), para execução das obras de reforma e ampliação de campos de futebol e quadras poliesportivas de São Luís. O contrato é referente à emenda parlamentar do senador Roberto Rocha (PSB), que destinou o recurso atendendo a uma solicitação feita pelo vereador Roberto Rocha Júnior (PSB). Vários bairros da capital maranhense serão beneficiados.
 
O ato de assinatura, que ocorreu na sede da Superintendência da Caixa Econômica, contou com a presença do vereador Roberto Rocha Júnior (PSB), do secretário Estadual de Esporte e Lazer, Márcio Jardim, do superintendente Regional da Caixa, Ricardo Porto e de representantes da Liga Desportiva do Recanto Fialho.
 
A emenda, que será aplicada ainda este ano para a revitalização dos espaços esportivos de São Luís, foi um trabalho conjunto do gabinete do vereador Roberto Rocha Júnior, com o do senador Roberto Rocha, que viabilizou a liberação do contrato junto ao Ministério de Esportes.
“Estamos todos muito contentes, pois com esse recurso já podemos realizar algumas solicitações de vários bairros que chegam diariamente ao meu gabinete. Sabemos que o esporte é uma ferramenta eficaz de socialização, capaz de afastar os jovens das drogas e da criminalidade. E, nós políticos temos que incentivar e promover cada vez mais políticas públicas de incentivo ao esporte e a outras práticas de inclusão social, sobretudo, nos bairros mais carentes”, disse Roberto Rocha Júnior.
O campo de futebol Verona, localizado no bairro Vila Vicente Fialho, está entre os campos de São Luís que serão beneficiados com o contrato. O local, onde é desenvolvido torneios, gincanas e eventos culturais, é o único espaço de lazer de toda a região, como Vila Cruzado, Vila Jiboia, Vila União, e outros adjacentes.
“Estamos todos muito agradecidos ao vereador Roberto Júnior, que por intermédio do senador Roberto Rocha conseguiu mais esse benefício para o nosso bairro”, agradeceu o vice-presidente da Liga Desportiva do Recanto Fialho, Antônio Pedro da Silva, o “Ceará”.
Quem também comemorou a liberação da emenda foi o secretário da Sedel, Márcio Jardim. Ele agradeceu a indicação da emenda, e ressaltou a importância que o recurso trará para o estímulo do esporte em São Luís.
“Essa emenda é um benefício que temos que aplaudir, pois trará muitas melhorias para São Luís. Só temos que agradecer o apoio dos nossos parlamentares em proporcionar aos moradores de nossa cidade, a oportunidade da prática de esporte, em especial do futebol”, ressaltou.
Segundo ele, a equipe técnica de engenharia da secretaria vai iniciar as visitas técnicas nos locais que serão contemplados com as melhorias,e analisar todas as medidas a serem tomadas para que as reformas aconteçam no tempo mais exíguo possível.
 

 

 

 

 
Compartilhar