Feirinha São Luís resgata o movimento no Centro Histórico e abre portas para novos investimentos

Ivaldo Rodrigues, idealizador e coordenador da Feirinha São Luís

Um dos pontos altos da Feirinha São Luís, entre tantos, é a reocupação do Centro Histórico de São Luís aos domingos.
É inegável! Quem visita ou principalmente mora em São Luís, sabe bem como era os finais de semana nesta região da capital, um grande vazio. 
Claro que os investimentos por parte do governo na área do Centro Histórico de São Luís tem atraído mais pessoas para este importante cartão postal da capital maranhense, mas é fato também que o precursor, o grande impulsionador foi a Feirinha São Luís.
Atualmente, só a Feirinha São Luís por si só, já atrai milhares de pessoas a região do Centro Histórico da capital, e não é de hoje, já faz algum tempo. 

Após a realização da Feirinha São Luís, que acontece das 8 da manhã às 15 horas, respeitando a programação religiosa da Igreja da Sé, começaram a surgir vários outros eventos no Centro Histórico da cidade. Festa em bares, casarões e até mesmo pelas ruas do Centro Histórico que ficam tomadas por pessoas, boa parte do público que frequentou a Feirinha São Luís. As festas envolvem vários ritmos samba, reggae, um passeio pela diversidade cultural maranhense e brasileira.
Dessa forma, a Feirinha São Luís cumpre um importante papel social, mais também turístico, econômico e social.
Abaixo a programação da Feirinha São Luís deste domingo (1°):


Compartilhar

Cantora Alcione recebe homenagem da AL

A Assembleia Legislativa concedeu, na manhã desta quinta-feira (29), a Medalha do Mérito Legislativo Manuel Beckman, maior comenda do Poder Legislativo do Maranhão, à cantora Alcione Dias Nazareth, durante concorrida sessão solene, com a presença do governador Flávio Dino, do vice-governador, Carlos Brandão, de representantes do Poder Judiciário e do Ministério Público, além de diversos artistas e intelectuais.

A concessão da comenda é fruto de um Projeto de Resolução Legislativa proposto pelo deputado Wendel Lages (PMN), aprovado por unanimidade pelo Plenário da Casa. Ao abrir a sessão solene, o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Othelino Neto (PCdoB), deu as boas-vindas à homenageada. “Esta homenagem proposta pelo deputado Wendel Lages e aprovada com o voto unânime deste Plenário é uma homenagem de todo o povo do Maranhão pelo que a cantora Alcione representa para a cultura do nosso Estado e do nosso País. Cada vez que Alcione leva o nome do Maranhão para o Brasil e para o mundo, como a maior expoente da nossa cultura, ela enche todos nós de muito orgulho”.

O governador Flávio Dino, em breve pronunciamento, disse que fez questão de participar da solenidade e, logo no início de sua fala, lembrou de recente episódio em que Alcione, com a veiculação de um vídeo na internet, saiu em defesa do Maranhão e de todo o Nordeste.

“Como expoente da cultura brasileira, Alcione encarna mesmo a alma mais profunda da brasilidade que todos nós celebramos neste momento”, afirmou Flávio Dino, para quem a honraria conferida a Alcione é uma justa e merecida homenagem:

“Alcione é uma vitoriosa, e por isso não morrerá nunca. Assim como o samba não vai morrer, porque nós não vamos deixar. Certamente Alcione integra para sempre o panteão dos imortais da cultura do Maranhão”, ressaltou Flávio Dino.

O deputado Wendel Lages, autor da proposição, fez um relato da trajetória da homenageada, frisando que “Alcione Nazareth é, sem dúvidas, uma das maiores artistas maranhenses, sendo grande incentivadora e divulgadora da cultura do Maranhão por todo o mundo”.

Ainda no começo da cerimônia, houve a exibição de um vídeo que conta a vida de Alcione, produzido pela TV Assembleia. Em seguida, os cantores Fernando de Carvalho e Alessandro Batista, o violonista Luís Júnior, o Coral São João, sob a regência do maestro Fernando Mouchereck, e a banda de música da Polícia Militar do Maranhão (PMMA), interpretaram no Plenário grandes sucessos do repertório da cantora. Bailarinos da Companhia Barrica também participaram da solenidade.

Agradecimentos

“Fico agradecida a todos por esta grande festa e esta bela homenagem, feita aqui dentro de casa, com as pessoas de casa, o que para mim é uma honra muito grande e uma emoção muito forte. Fico, principalmente, com meu coração cheio de alegria e com a minha alma bastante lisonjeada”, disse Alcione.

Visivelmente emocionada, a cantora dançou e cantou clássicos como ‘”s rosas não falam”, “Boi de Lágrimas” e “Eu te conheço Carnaval”. No encerramento da solenidade, o cantor Fernando de Carvalho cantou a música “Asa Branca”, do lendário Luiz Gonzaga.

A sessão solene de entrega da honraria à cantora teve a participação maciça de deputados no Plenário e contou, também, com a presença dos desembargadores Luiz Gonzaga e Anildes Cruz; do prefeito de Caxias, Fábio Gentil; dos secretários de Estado da Cultura, Anderson Flávio Lindoso Santana; da Mulher, Ana Mendonça; de Comunicação Social e Assuntos Políticos, Rodrigo Lago, e de Desenvolvimento Social, Márcio Honaiser (PDT); além dos secretários municipais de Cultura, Marlon Botão, e de Agricultura e Abastecimento, Ivaldo Rodrigues

Compartilhar

Amilcar Rocha convida filiados e militantes para Plenária do PCdoB de Barreirinhas

O Comitê Municipal do PCdoB de Barreirinhas irá realizar uma Plenária neste domingo, 01 de setembro, no auditório do Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais, localizado na Av. Joaquim Soeiro de Carvalho, Centro.

Na Plenária serão tratados assuntos como eleições do Diretório Municipal para biênio 2019 – 2021, Campanha de Filiação e apresentação de novos Filiados, Conjuntura Política Nacional, estadual e Municipal, Eleições 2020, além de outros.

Amilcar Gonçalves Rocha – Presidente do Comitê Municipal

Compartilhar

Yglésio solicita abertura de CPI para investigar sobre esquema de vagas a estrangeiros

Uma denúncia grave de que alguma esquema está acontecendo para dar vagas a estrangeiros oriundos de faculdades particulares no curso de medicina da Universidade Estadual do Maranhão (UEMA). O deputado César Pires tocou no assunto primeiramente e, em seguida, o deputado Dr. Yglésio também disse que foi procurado sobre o caso e pediu a abertura de uma CPI.

Foram 17 vagas concedidas por decisões liminares de um mesmo magistrado no curso de medicina da Uema de Caxias. Segundo o deputado, é de se desconfiar como são dadas decisões liminares (precárias) para que estrangeiros de faculdades particulares tenham ingresso na Universidade Pública.

Yglésio salientou que além do indício de ilegalidade, as decisões causam grande problema para gerir o curso de medicina, que é caro e precisa de preparo para cada aluno. Receber 17 de uma vez por decisão judicial prejudica a Uema.

“As universidades têm que estar preparadas para receberem os estudantes. E isso demanda infraestrutura. Fazer curso de Medicina é ter laboratório suficiente para que os estudantes tenham acesso aos estudos, garantir que tenha uma turma dentro do Hospital Universitário, que seja compatível com a quantidade de alunos, que o mesmo paciente não seja tocado dez, quinze, vinte vezes por conta de falta de condições hospitalares. Então tem uma série de coisas a serem analisadas e que estão passando aqui a toque de caixa. Todos os alunos de transferência externas vêm de faculdades particulares. Quer transferir? Está na Bolívia e quer vir para o Brasil? Transfere para uma universidade particular. Porque a universidade particular se submete às leis de mercado, porque ela consegue rapidamente comprar estrutura e ampliar a estrutura laboratorial, porque você está pagando. Como é que não vai criar a estrutura? Particular transfere para particular. Não tem que vir transferido sob liminar para a pública, o mesmo magistrado sempre proferindo sentenças”, afirmou.

O deputado também questionou o fato de Caxias ter três Varas Cíveis, mas a distribuição destes processo cair sempre para o mesmo magistrado, que tem dado estas decisões. Segundo ele, o magistrado já foi investigado pela Corregedoria por agiotagem, inclusive no caso Décio Sá.

Compartilhar

Governo e prefeitura de São Luís pagam salários no sábado (31)

O prefeito de São Luís, Edivaldo Holanda Júnior, anunciou através de suas redes sociais, que o pagamento dos salários dos servidores municipais referente ao mês de agosto será efetuado no sábado (31). O governador Flávio Dino anunciou também o pagamento dos servidores na mesma data.

Mais uma vez a prefeitura e o governo antecipam o salário em relação ao calendário oficial. Com os pagamentos, a expectativa e grande movimentação na economia do estado e na região metropolitana no final de semana.

Compartilhar

Flávio Dino afirma que Brasil precisa de cooperação internacional em reunião com Bolsonaro

O governador do Maranhão, Flávio Dino, participou em Brasília de reunião com o presidente Jair Bolsonaro e outros governadores da Amazônia Legal. Flávio fez duro pronunciamento em defesa da Amazônia.

Enquanto os demais governadores tergiversaram e não confrontaram diretamente o presidente, Flávio Dino foi direto. “Devemos procurar um processo de cooperação que abranja outros países e organismos privados. Não sou daqueles que satanizam ONGs. Temos ONGs de imensa seriedade no Brasil e no mundo […]. Precisamos separar o joio do trigo. Não podemos dizer que as ONGs são inimigas do Brasil. Não é tocando fogo nas ONGs que vamos salvar a Amazônia”, afirmou.

Sobre o debate em torno da soberania, Dino disse que esta não está ameaçada e é um preceito constitucional que a Amazônia é patrimônio nacional e que não é atacando outros países que ela é afirmada. “A soberania não se afirma retoricamente, não é uma fraseologia. É uma obrigação que temos que cumprir”, salientou.

Clodoaldo Correa

Compartilhar

Barreirinhas: Superintendente Amilcar Rocha discute sobre questões ambientais

Na segunda-feira, 26 de agosto, o superintendente Regional, Dr. Amilcar Rocha e Riba Canavieira do Instituto Rio Preguiças, estiveram reunidos na Secretaria de Meio Ambiente – SEMA com o secretário Rafael Oliveira, para tratar de diversos assuntos relacionados ao meio ambiente em Barreirinhas.

Na pauta foram discutidas as delicadas questões ambientais da região como preservação do Rio Preguiças e do Riacho Tibúrcio, a correta destinação dos resíduos sólidos, entre outros assuntos.

Durante o encontro, também foi solicitado ao secretário, apoio especial e urgente para solucionar o problema do lixão na cidade de Barreirinhas.

Compartilhar

IBGE: Brasil chega aos 210 milhões de habitantes

IBGE e Prefeitura acertam parceria para o Censo Demográfico 2020

G1 – A população brasileira foi estimada em 210,1 milhões de habitantes, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). A estimativa com o total de habitantes dos estados e dos municípios se refere a 1° de julho de 2019 e foi publicada no “Diário Oficial da União” desta quarta-feira (28).

O número representa um aumento de 0,79% na comparação com a população estimada do ano passado. Em 2018, o IBGE estimou um total de 208,5 milhões pessoas.

O estado de Roraima teve o maior aumento populacional, de 5,1%. Ano passado, a população estimada lá era de 576,5 mil habitantes, e este ano chegou a 605,7 mil — mais 29,1 mil pessoas.

Roraima, que faz fronteira com a Venezuela, tem vivido uma onda de chegada de imigrantes venezuelanos devido à crise econômica, política e social no país vizinho. Apesar de ter registrado o maior aumento percentual, Roraima continua sendo o estado menos populoso.

São Paulo permanece na frente como a unidade da federação com mais habitantes: 45,9 milhões de pessoas. Ano passado, a população paulista era de 45,5 milhões. Este ano, aumentou em mais 380,1 mil pessoas — ou 0,8%.

O IBGE deve dar detalhes sobre o crescimento populacional brasileiro em entrevista coletiva às 9h, no Rio de Janeiro.

Principais destaques

A população brasileira total cresceu 0,79% entre 2018 e 2019. Entre 2017 e 2018, havia crescido 0,82%.
A população de Roraima cresceu 5,1%, a maior alta entre todos os estados. Continua sendo a unidade federativa menos populosa do país.

São Paulo é o estado mais populoso, com 45,91 milhões de pessoas, seguido por Minas Gerais (21,16 milhões), Rio de Janeiro (17,26 milhões) e Bahia (14,87 milhões).

População brasileira

Unidades da federaçãoPopulação 2018População 2019Variação percentual 2018/2019Variação absoluta 2019/2018
Acre869.265881.9351,46%12.670
Alagoas3.322.8203.337.3570,44%14.537
Amapá829.494845.7311,96%16.237
Amazonas4.080.6114.144.5971,57%63.986
Bahia14.812.61714.873.0640,41%60.447
Ceará9.075.6499.132.0780,62%56.429
Distrito Federal2.974.7033.015.2681,36%40.565
Espírito Santo3.972.3884.018.6501,16%46.262
Goiás6.921.1617.018.3541,40%97.193
Maranhão7.035.0557.075.1810,57%40.126
Mato Grosso3.441.9983.484.4661,23%42.468
Mato Grosso do Sul2.748.0232.778.9861,13%30.963
Minas Gerais21.040.66221.168.7910,61%128.129
Pará8.513.4978.602.8651,05%89.368
Paraíba3.996.4964.018.1270,54%21.631
Paraná11.348.93711.433.9570,75%85.020
Pernambuco9.496.2949.557.0710,64%60.777
Piauí3.264.5313.273.2270,27%8.696
Rio de Janeiro17.159.96017.264.9430,61%104.983
Rio Grande do Norte3.479.0103.506.8530,80%27.843
Rio Grande do Sul11.329.60511.377.2390,42%47.634
Rondônia1.757.5891.777.2251,12%19.636
Roraima576.568605.7615,06%29.193
Santa Catarina7.075.4947.164.7881,26%89.294
São Paulo45.538.93645.919.0490,83%380.113
Sergipe2.278.3082.298.6960,89%20.388
Tocantins1.555.2291.572.8661,13%17.637
Brasil208.494.900210.147.1250,79%1.652.225

Fonte: IBGE

Compartilhar

Maranhão: Bolsominions fazem manifestação contra o STF

Um pequeno grupo de apoiadores do presidente da República, Jair Bolsonaro, realizaram uma manifestação na manhã deste domingo (25) em frente à sede da Polícia Federal.

Já com as tradicionais camisas verde amarelo, eles mostraram cartazes contra a corrupção, mas a maioria contra o Supremo Tribunal Federal (STF). Eles pediram o impeachment do presidente do Supremo, Dias Toffoli, e em alguns momentos, até o fechamento do STF.

Com o auxílio de um carro de som, os manifestantes gritaram palavras de ordem, executaram o hino nacional do Brasil e interditaram em alguns momentos o trânsito na Avenida Daniel de La Touche.

O interessante é ver o número de bolsominions cada vez menor, porém, cada vez com cobranças antidemocráticas mais fortes.

Clodoaldo Correa

Compartilhar

Movimentos protestam em defesa da Amazônia na Praça Deodoro

Movimentos de proteção ao meio ambiente, estudantes universitários e outro interessados fizeram uma manifestação contra as queimadas e o desmatamento da floresta Amazônica na tarde deste sábado (24) na Praça Deodoro.

Os manifestantes reclamam do aumento no número de queimadas em relação ao mesmo período do ano passado: um crescimento 145%. Os voluntários colheram assinaturas para a petição pública “Desmatamento Zero”, que pretende erradicar o desmatamento no país.

“A gente acredita que a postura do Presidente com relação ao meio ambiente é completamente criminosa, visto que ele demitiu arbitrariamente o diretor do INPE quando este desmentiu a fala dele [Bolsonaro] no G-20, dizendo que não havia desmatamento no Brasil, o que é uma mentira deslavada”, afirmou a estudante  Débora Santiago, uma das organizadoras do evento.

Clodoaldo Correa

Compartilhar