AGLOMERAÇÕES – SÓ É ‘PERMITIDO’ PARA OS POLÍTICOS; QUEM GERA EMPREGO, OS RIGORES DA LEI…

Por Martin Varão.

A determinação do Governo do Estado que proíbe aglomerações, mas os rigores da lei tem dois pesos e duas medidas para a mesma situação.

Evento com grande aglomerações de pessoas da pré-candidata Detinha – Governo não se manifestou…

Alguns  pré-candidatos a prefeito de São Luís estão usando no descumprimento. Observe que é só a iniciativa privada ligada ao setor de eventos – geradora de emprego e renda para a população,  tentar ‘respirar” no meio a pandemia para ser multado e o evento lacrado.

Os eventos privados na Península causaram o maior furor. Ontem uma live numa casa fechada e privada os rigores do Estado…

Evento na sede do PDT do pré-candidato Neto Evangelista…

No Valparaiso foram feitas mais de 20 lives solidárias, todas realizadas por produtores e pelos próprios artistas, que ficavam responsáveis pela logística e pelos cuidados sanitários envolvendo a captação das imagens. Em todas as vezes, em razão de serem eventos solidários, cedíamos o espaço gratuitamente. O Valparaiso não alugou espaço, não ganhou dinheiro algum e não teve participação em eventuais lucros.

Ao contrário, teve custos com internet, com energia elétrica e com funcionários da parte técnica. O Valparaiso cedeu o espaço para apoiar artistas e pessoas que se propunham a fazer ações solidárias.

No caso da live da Mara Pavanelly, o jornalista Luís Cardoso solicitou o espaço e o Valparaiso, mais uma vez, cedeu. Havíamos cedido antes para o mesmo jornalista fazer uma live de um outro artista, Bruno Shinoda, que cumpriu as regras sanitárias quando da sua realização.

Na live de ontem, da artista Mara Pavanelly, não havia ninguém da Diretoria no local, mas apenas funcionários da área técnica. O acesso de pessoas ficou sob controle total dos produtores, ou seja: cabia a eles permitir ou negar acesso de pessoas ao local.

Assim como a sociedade ludovicense, a diretoria e gerência tomou conhecimento de vídeos já durante a madrugada e encarou com perplexidade e incredulidade o que havia se tornado a live solidaria.

Ou seja, o realizador da live, descumprindo regras sanitárias mínimas, levou convidados para assistirem a live e, infelizmente, promoveu aglomerações.

Quando ciente, a Gerente Geral da empresa comunicou que chegou ao local e que a live já havia encerrado, em torno de meia-noite.

A Secretaria de Saúde tem total razão; o Departamento Jurídico da empresa vai cuidar do assunto. Pedimos sinceras desculpas à sociedade maranhense e registramos que iniciamos contato com a produção da live para entender os motivos da mudança do formato do evento.

Compartilhar

“Hoje existe um diálogo muito próximo com o Neto e o Carlos Madeira”, diz Roberto Costa sobre apoio do MDB

Em entrevista ao programa Ponto e Vírgula (Difusora FM) nesta quinta-feira (30), o deputado estadual Roberto Costa, vice-presidente do MDB Estadual, confirmou que há um diálogo próximo com os pré-candidatos Neto Evangelista (DEM) e Carlos Madeira (Solidariedade). O blog já havia antecipado a informação (reveja aqui).

“Hoje existe um diálogo muito próximo com o Neto e o Carlos Madeira, mas estamos abertos e dialogando com todos”, afirmou Roberto Costa, coordenador político para as eleições municipais de 2020. O anúncio deve ocorrer até o dia 15 de agosto.

Em São Luís, a ex-governadora Roseana Sarney tem preferência pelo nome de Eduardo Braide. Mas o mesmo jogo que o deputado fez com o PL de Josimar de Maranhãozinho (de não querer assumir diretamente os aliados) acabou irritando ela e os emedebistas. Contudo, Braide não foi descartado e ainda tem chances.

No início Roseana chegou a ter uma resistência em o MDB fechar com Neto Evangelista. Hoje, essa oposição não mais existe. Neto conta com o apoio do deputado Roberto Costa.

Por enquanto, Madeira tem vantagem por ter oferecido a vaga de vice ao MDB.

Porém, caso Neto Evangelista abra ao MDB indicação do seu companheiro chapa, o candidato do DEM leva o partido, que não quer somente apoiar, mas, segundo Costa, fazer uma composição.

Nesta semana Neto recebeu o apoio do PSL, o que foi antecipado pelo blog (reveja aqui).

Compartilhar

Deputado Zé Inácio propõe cadastro étnico-racial de pacientes com a Covid-19

Por Diego Emir.

O deputado estadual Zé Inácio protocolou indicação solicitando a obrigação dos órgãos e instituições de saúde de promover o registro e cadastramento de dados relativos a marcadores etnico-raciais, idade, gênero, condição de deficiência e localização dos pacientes por eles atendidos em decorrência de infecção pelo vírus SARS-CoV-2 (Covid19) no estado do Maranhão.

De acordo com o documento essas informações serao utilizadas para a produção de dados e realização de estudo ou investigação epidemiológica sobre infecção, mortalidade e para a prestação de informações sobre a Covid-19 no estado do Maranhão.

“Com a presente proposição legislativa, buscamos contribuir para superar a escassez de análise e interpretação de dados étnico-raciais, de gênero e de localização no estudo de epidemias no Maranhão. A importância de pesquisas epidemiológicas que incluam tais recortes se apresenta, pois, não somente na análise sobre a disseminação da doença, mas principalmente na compreensão do que produz as desigualdades”, disse Zé Inácio.

Populações negras e pobres são as mais afetadas

É fundamental a produção de informações precisas sobre fatores de vulnerabilidade, como raça, gênero, idade, condição de deficiência e localização geográfica da população atingida. Sem tais informações, o inimigo não será corretamente identificado, e ceifará suas vítimas de forma indiscriminada, impedindo até mesmo que o Estado direcione seus esforços para evitar mortes e o colapso da rede de atenção à saúde.

Nesse contexto, as populações negras e pobres são as mais afetadas. As taxas de contágio e mortalidade tendem a se elevar nesses segmentos, em razão de sua situação social e econômica, de condições de habitação e saneamento, e de acesso aos serviços públicos.

O histórico de precariedade e exclusão social, racial e de gênero das populações residentes em favelas e periferias, zona rural, comunidades quilombolas, aldeias e outras situações de risco agrava um quadro já dramático.

Segundo dados do IBGE, 67% da população negra brasileira depende do Sistema Único de Saúde (SUS), segmento em que há também grande incidência de doenças como diabetes, tuberculose, hipertensão e doenças renais crônicas no país, todas consideradas agravantes para o desenvolvimento de quadros mais gravosos de Covid-19. Há também uma incidência muito maior de pessoas pretas e pardas em ocupações informais, 47,3% em
comparação com 34,6% de pessoas brancas, condições nas quais o isolamento social também enfrenta maiores dificuldades de ser observado.

“Há a necessidade de se estabelecer uma aferição mais rigorosa do critério raça/cor para que se planeje a política de assistência à saúde e social com maior eficiência no âmbito do estado do Maranhão”, afirma Zé Inácio.

Compartilhar

Presidente do Bumba Boi da Maioba, José Inaldo, declara apoio a Carlos Madeira

Carlos Madeira, pré-candidato à prefeitura de São Luís, anuncia: ´´Com muita alegria recebi o apoio do meu amigo José Inaldo, presidente do Bumba Boi da Maioba, uma das principais manifestações culturais de nosso Estado, à nossa pré-candidatura. Com uma gestão eficiente e transparente é possível fazer mais pela cultura!´´

Segue pronunciamento de José Inaldo:

Compartilhar

MDB entre Carlos Madeira e Neto Evangelista em São Luís

Por Jonh Cutrim.

O MDB deve até o dia 15 de agosto bater o martelo sobre quem irá apoiar na eleição para Prefeito de São Luís.

Segundo o blog apurou, o partido – hoje – está entre os nomes de Carlos Madeira (Solidariedade) e Neto Evangelista (DEM).

A ex-governadora Roseana Sarney tinha preferência pelo nome de Eduardo Braide. Mas o mesmo jogo que o deputado fez com o PL de Josimar de Maranhãozinho (de não querer assumir diretamente os aliados) acabou irritando ela e os emedebistas.

No início Roseana chegou a ter uma resistência em o MDB fechar com Neto Evangelista. Hoje, essa oposição não mais existe. Neto conta com o apoio do deputado Roberto Costa.

Por enquanto, Madeira tem vantagem por ter oferecido a vaga de vice ao MDB. Ele também fez a mesma proposta ao PSL.

Porém, caso Neto Evangelista abra ao MDB indicação do seu companheiro chapa, o candidato do DEM leva o partido, que não quer somente apoiar, mas fazer uma composição.

Nesta quarta-feira o PSL deve anunciar quem irá apoiar na capital maranhense. A legenda quer também a vice para apoiar Neto Evangelista.

Compartilhar

Mas, afinal, o que é o consórcio de candidatos de Flávio Dino?!?

Por Marco Aurélio D´Eça.

Embora o grupo do governador tente negar campanha coordenada para evitar a vitória da oposição nas eleições de novembro – prática criada por eles mesmos a partir de 2012 – a própria lista de candidatos mostra que há, sim, uma relação, ainda que tácita, entre os diversos nomes da base.

O deputado estadual Wellington do Curso, que disputa as eleições pelo PSDB, voltou a tratar, nesta terça-feira, 28, do tal “consórcio de candidatos da base do governo Flávio Dino” para impedir a vitória da oposição em São Luís. 

Wellington tem legitimidade para falar do assunto por que sofreu com este consórcio também nas eleições de 2016. (Releia aqui, aqui e aqui)

Mas, afinal, o que é o tal consórcio de candidatos de Flávio Dino?!?

blog Marco Aurélio D’Eça já tratou do assunto, no início de julho, no post “Como é e como funciona o consórcio de candidatos de Flávio Dino…”

Dos 13 pré-candidatos já postos na disputa na capital maranhense, pelo menos oito têm algum tipo de relação política, empresarial ou empregatícia com o governo comunista. 

Podem ser incluídos perfeitamente nesta lista os pré-candidatos Rubens Pereira Júnior (PCdoB), Duarte Júnior (republicanos), Neto Evangelista (DEM), Bira do Pindaré (PSB), Carlos Madeira (Solidariedade), Dr. Yglésio (Pros), Jeisael Marx (Rede) e Detinha (PL).

Cada um cumpre função específica, alguns com maior ou menor grau de relação com governo e também de importância, diante das chances que apresentam na disputa.

Neste organograma tácito, Rubens Júnior, Duarte Júnior, Carlos Madeira e Neto evangelista – não necessariamente nesta ordem – são os que detém as maiores expectativas do governo de um segundo turno com Eduardo Braide (Podemos).

E a candidatura de Wellington incomoda tanto este consórcio exatamente por que o tucano está no meio deles, como risco de tirá-los da disputa com Braide.

Bira do Pindaré e Carlos Madeira correm por fora, reunindo apoios significativos na base do governo, mas se mantendo distante do grupo principal.

Dr. Yglésio, Detinha e Jeisael Marx estão na disputa com postura mais independente, mas n~]ao deixam de ter suas ligações com o Palácio os Leões.

Ednaldo Neves foi o primeiro “laranja” dos consórcios de Flávio Dino; e obteve grande ascensão na burocracia do grupo pelas missões cumpridas na campanha de 2012

Na semana passada, diante das evidências de uma coordenação “icloud” entre as várias candidaturas governistas, o presidente do PCdoB, Márcio Jerry, que acaba de assumir o comando da campanha de Rubens Júnior, veio a público para negar, mais uma vez, a existência do consórcio.

Mas suas declarações apenas reforçaram a ideia de “pelotões amigos” nos diversos grupamentos palacianos.

– O fato de ter vários candidatos de partidos que integram a base do governador Flávio Dino só confirma o quanto ele vem oxigenando e renovando a política em nossa capital. Sem coronelismo, oportunidades democráticas para todos – ponderou o comunista.

A ideia de consórcio de candidatos surgiu exatamente com a ascensão política de Flávio Dino e seu grupo.

E já vem desde as eleições municipais de 2012, quando surgiram as primeiras candidaturas agrupadas em um mesmo objetivo, coordenadas pelo próprio Márcio Jerry – incluindo o papel do laranja. (Relembre aqui, aqui, aqui e aqui)

De lá para cá, a  fórmula vem apenas sendo aperfeiçoada.

Mas parece dar sinais de esgotamento em 2020…

Compartilhar

Madeira afirma que não vai recuar, mesmo com a tentativa de “estrangularem” a sua pré-candidatura

Por Diego Emir.

O pré-candidato a prefeito de São Luís, Carlos Madeira (SDD), vem sofrendo um processo de esvaziamento nas últimas duas semanas. Depois de aparecer bem colocado na pesquisa do Instituto Prever e ter avançado em diversas articulações, o juiz aposentado passou a ser alvo dos seus adversários com intuito de “estrangularem” sua pré-candidatura como o próprio classificou. Porém, ele garantiu: “não vou recuar”.

O Blog Diego Emir divulgou no inicio de julho que três secretários do DEM – Felipe Camarão, Rogério Cafeteira e Anderson Lindoso – iriam declarar apoio a Madeira, porém apenas o último confirmou o seu apoio e foi exatamente o primeiro. Logo em seguida houve uma mobilização para impedir uma adesão dos outros dois a pré-candidatura de Carlos Madeira, e acabaram declarado apoio a Neto Evangelista (DEM).

O juiz aposentado não nega que ficou incomodado com o movimento dos seus adversários políticos nas últimas semanas e classificou até como “crueldade”, mas ele não desistirá da disputa e afirma que só fica comprovado que ele não faz parte de consórcio algum, afinal estão tentando esvaziar sua pré-candidatura a todo custo.

Madeira informa que apesar das dificuldades, ele segue conversando com partidos em busca de apoios, mas também não descarta ir para a disputa com uma chapa puro sangue contanto apenas com os membros do Solidariedade.

Apesar desse processo de esvaziamento, Madeira já conta com adesões importantes: os secretários Simplício Araújo e Jefferson Portela, o vereador Afonso Manoel, os deputados Fernando Pessoa, Rildo Amaral e Helena Duailibe, entre outros.

Compartilhar

Ivaldo Rodrigues destaca ações da Prefeitura na zona rural

Por Diego Emir.

Durante a sessão plenária extraordinária realizada na Câmara Municipal de São Luís nesta terça-feira (28), o vereador, Ivaldo Rodrigues (PDT), utilizou seu pronunciamento para ressaltar os investimentos em desenvolvimento da zona rural da capital.

“Ao longo de sua gestão o prefeito Edivaldo Holanda Junior buscou estruturar o ciclo de desenvolvimento da zona rural, investindo tanto em obras de infraestrutura quanto em políticas públicas para o fortalecimento da agricultura familiar, fechando um ciclo que garantisse o desenvolvimento social, urbano e econômico dos bairros da região” disse Ivaldo Rodrigues.

Os bairros Tibiri, Tibirizinho e Rio do Meio estão sendo totalmente urbanizados, contemplando mais de 8 mil moradores da região. Já a Vila Sarney, Via Industrial e Vila Primavera está recebendo a implantação de 2,5km de rede de drenagem e 13 km de pavimentação. Na área do Santa Bárbara houve a implantação de 12 km de rede de drenagem profunda, beneficiando mais de 60 mil moradores de 30 bairros da região. É o fim de um sofrimento de décadas para a população destas localidades.

No Residencial 2000, Residencial Magnólia e Estrada do Maracujá estão sendo implantados 20km de pavimentação pela primeira vez na história das comunidades, serão beneficiados aproximadamente 10 mil moradores da região. Os bairros Recanto Verde e Vila Itamar finalmente serão interligados por meio da construção de uma ponte com 36 metros de extensão.

Além destes investimentos, a gestão do prefeito Edivaldo Holanda Junior tem buscado garantir a melhoria da oferta dos serviços públicos municipais. Antes do início da pandemia, reformou e reinaugurou a Unidade de Saúde da Família na Vila Sarney e o Centro de Saúde do Quebra Pote. As duas unidades foram reinauguradas após passarem por reforma em toda a sua estrutura.

Na região da Estiva a Unidade de Pronto Atendimento 24h da Zona Rural foi totalmente reformada com a instalação de 22 leitos – sendo 18 clínicos e outros quatro para estabilização com respiradores e aparelhos de oxigênio – para atender exclusivamente a pacientes com sintomas leves ou moderados da Covid-19 na fase mais crítica da pandemia.

O incentivo à produção agrícola é outra prioridade da gestão do prefeito Edivaldo Holanda Junior. Nas comunidades conhecidas como pólos agrícolas estão sendo feitos investimentos que garantam de forma direta condições para que os pequenos produtores possam manter seu trabalho.

Nas comunidades de Cabral Miranda, Cinturão Verde, São Bruno e Amendoeira estão sendo implantados poços que vão garantir o abastecimento d’água para uso doméstico e para a irrigação da produção agrícola, beneficiando dezenas de famílias rurais.

Ainda em seu primeiro mandato o prefeito Edivaldo Holanda Junior reformou e reestruturou a Escola Casa Familiar Rural (ECFR), localizada no bairro do Quebra Pote, que atende alunos filhos de pequenos produtores rurais que recebem educação em tempo integral com aulas de disciplinas do currículo comum e também de zootecnia, agricultura, horticultura e piscicultura.

Entre as ações de fomento da agricultura são os programa de Aquisição de Alimentos (PAA) e o Programa Nacional de Alimentação Escolar (Pnae), que funcionam como ferramentas fomentadoras da agricultura familiar e de garantia de renda certa aos produtores participantes.

Além do incentivo à produção, foram implementadas políticas de incentivo à comercialização e escoamento dos produtos. Uma iniciativa que contribuiu para isto é a Feirinha São Luís, que garante aos pequenos produtores rurais da cidade um espaço fixo onde comercializar seus produtos na hora ou prospectando negócios para o fornecimento destes produtos a pequenos mercados, restaurantes entre outros, fortalecendo as cadeias produtivas. Os canais de comercialização da produção agrícola local também serão fortalecidos com a entrega dos 10 mercados municipais que estão passando por obras de reconstrução ou reforma estrutural.

As políticas implantadas pelo prefeito Edivaldo Holanda Junior na zona rural tanto na área de infraestrutura quanto de incentivo à produção quebraram um paradigma segundo o qual São Luís não é naturalmente um ambiente de produção agrícola. No entanto, os projetos implementados pelo prefeito Edivaldo têm contribuído para revelar uma faceta da cidade que existe, mas permanecia oculta: a capacidade de produzir bens do meio rural em uma capital.

Compartilhar

Ivaldo Rodrigues faz homenagem ao Dia da Agricultura Familiar

Celebrados em 24 e 25 de julho, relativos aos Dias Nacional e Internacional da Agricultura Familiar, o vereador, Ivaldo Rodrigues (PDT), teve agenda intensa na zona rural de São Luís, onde estreitou a relação com a população nos últimos 4 anos, quando esteve liderando a Secretaria Municipal de Agricultura, Pesca e Abastecimento (Semapa), ajudando o prefeito Edivaldo Holanda Junior a implantar uma verdadeira “revolução verde” na zona rural da capital.
O vereador esteve visitando durante o fim de semana as comunidades do Residencial Amendoeira, Cinturão Verde e Cabral Miranda, onde conversou com os amigos que tiram o sustento de suas famílias diretamente do campo. “Tenho orgulho em fazer parte dessa histórica de crescimento e muita luta. Enquanto estive secretário de agricultura, pude acompanhar de perto o crescimento das produções de muitos agricultores familiares por meio de programas de incentivo e modernização de maquinários do campo”, destaca Ivaldo Rodrigues.
Outras ações são destaque no esforço do parlamentar Semapa em manter e ampliar o serviço de apoio logístico e assistência técnica às famílias produtoras, tais como: distribuição de sementes, articulação junto a agentes de crédito, disponibilização em parceria de espaços rurais para as instituições de ensino e pesquisa agro-pecuária.
De acordo com dados do Inagro, houve um crescimento de 106,9% na produção agrícola da zona rural de São Luís nos 4 últimos anos. Com reflexos positivos não somente para as centenas de famílias de produtores, mas também para todos os consumidores, que passaram a ter a oportunidade de acesso direto e a preços atrativos, de produtos mais frescos, limpos e controlados.

Compartilhar

CONCURSO PÚBLICO – ÚLTIMO DIA DE INSCRIÇÕES.

Por Paulo Montanha.

HOJE, SEXTA-FEIRA,24 de julho de 2020 é o “ÚLTIMO DIA” para as inscrições do Concurso Público da Câmara Municipal de Imperatriz-MA. O EDITAL prevê 50 VAGAS para efetivos, pessoas com deficiência e cadastro de reserva.
CONCURSO PÚBLICO é para os níveis: fundamental, médio e superior com remuneração que varia entre R$ 1.574,00 a R$ 5.000,00 reais.
As vagas são para: Agente Patrimonial, Jardineiro, Agente de Serviços Gerais, Técnico Legislativo, Agente de Segurança Legislativo, Interprete de Libras, Técnico de Informática, Técnico em Comunicação Social, Procurador Legislativo, Contador, Médico, Enfermeiro, Psicólogo, Engenheiro Civil, Analista de Sistemas, Assistente Social, Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo.
Para efetuar a inscrição o(a) candidato(a) deverá acessar o site: institutocoelhoneto.com.br no período de 06 a 24/07/2020, e selecionar o atalho para “Inscrições on line” do Concurso Público para a Câmara Municipal de Imperatriz – MA, preencher completa e corretamente a ficha de inscrição, selecionando o cargo e informar, se for o caso, a necessidade de atendimento diferenciado, especificando tal necessidade e enviar o requerimento e documentação, conforme estabelecido no EDITAL.
A data prevista para a realização das provas é dia 30 de agosto de 2020.
Para ter acesso ao EDITAL basta acessar:www.institutocoelhoneto.org.br

Compartilhar