Matias Marinho promove encontro com a comunidade

Segundo o candidato:

Agradeço ao meu amigo Almir por mais essa reunião. Ele não tá na foto porque estava com o celular registrando os lances. Mas isso mostra que nossa equipe, embora pequena, é eficiente, como deve ser o nosso mandato parlamentar durante os próximos quatro anos.

Longe de mega estrutura, batucada e gritaria, aqui é a verdade que tá no sangue. Porque é só através dela que vamos chegar lá.

https://www.instagram.com/p/CG7cvYQjdDg/?igshid=hfihb0m0fw7g

Compartilhar

Ivaldo Rodrigues (PDT), visita a Feirinha São Luís, agora em novo formato

Por Diego Emir.

O projeto idealizado, e realizado por Ivaldo, aconteceu durante quase 3 anos sob seu comando, agora retorna à Praça Benedito Leite, após o hiato causado pela pandemia do novo coronavírus.

Recepcionado calorosamente por feirantes e pelo público, o parlamentar, candidato à reeleição, deixou sua marca no maior projeto cultural do Estado, que valoriza o turismo local, gerando emprego e renda para centenas de famílias.

Os números comprovam o sucesso desse projeto inovador, com mais de 830 apresentações culturais; com mais de 230 empreendedores divididos nos setores agroecológico, artesanato, e gastronomia; movimentando mais de 48$ milhões de reais em capital circulante. Falando em circulação, mais de 1 milhão de pessoas do mundo todo já passaram pelo evento, trocando experiências e vivências, enriquecendo ainda mais esse verdadeiro espetáculo a céu aberto.

A Feirinha retorna em novo formato. Entre as novidades está uma praça de alimentação, a redução do horário da feirinha e o controle de entrada na praça, permitida com uso da máscara de proteção e a higienização do álcool em gel, controle feito por Bombeiros Civis.

Compartilhar

Juiz aposentado e ex-candidato a prefeito, Madeira volta a advogar

Por Gilberto Leda.

Juiz federal aposentado e ex-candidata a prefeito de São Luís, Carlos Madeira anunciou hoje (26) seu retorno à advocacia.

Ele esteve na sede da OAB-MA, onde recebeu das mãos do presidente, Thiago Diaz, uma certidão que o autoriza a voltar ao batente como advogado.

“Volto para a advocacia com a certeza de que as coisas não saíram como planejando”, escreveu Madeira no Instagram.

Compartilhar

Com campanha pé-no-chão, Matias Marinho fortalece voto consciente…

Por Marco Aurélio D´Eça.

Candidato a vereador em São José de Ribamar, jornalista diz que resistiu às orientações de “prometer tudo por que o eleitor gosta” e seguiu de casa em casa, “falando a verdade sobre o papel do vereador”

Matias tem o carinho do eleitor em suas reuniões de campanha, pela simplicidade com que conduz sua candidatura, quase como que vizinho da comunidade que visita

O jornalista Matias Marinho (PP) fez esta semana um emocionante post em suas redes sociais sobre a experiência de viver sua primeira campanha de vereador em São José de Ribamar.

Consciente do papel do parlamentar e resistindo ao “canto das sereias” sobre megas-campanhas, Marinho diz ter optado por uma estrutura pé-nó-chão, falando a verdade aos eleitores; e já sente o retorno à sua postura.

– Hoje, a cada convite que recebo, a cada declaração de apoio e em cada repetição desse discurso, por parte dos eleitores, me sinto mais forte e feliz com cada voto consciente que conquisto. Vamos continuar nessa luta, quer queira os ilusórios ou não – desabafou o candidato.

Ex-secretário de Comunicação do município, Matias Marinho tem atuado há mais de 20 anos em São José de Ribamar, sobretudo ao lado do ex-prefeito Luiz Fernando Silva, um dos seus principais apoiadores.

Projeto inédito em campanha proporcional, o “Me leve na sua casa” tem atraído eleitores que procuram o candidato para conversar sobre Ribamar

Ele reconhece que chegou a ser desestimulado a seguir no caminho que escolheu para a campanha, mas resistiu e manteve a postura.

– O reconhecimento das pessoas ao nosso trabalho nos dá força para continuar. Enquanto eu insistia em não prometer mundos e fundos, disseram pra eu prometer tudo porque “é disso que o eleitor gosta”. Não ouvi essa orientação e segui falando a verdade sobre o papel do vereador, de casa em casa, de rua em rua, realçando o discurso pé no chão – conta.

Matias Marinho segue a campanha e acredita em votos suficientes para garantir uma das vagas de vereador na Câmara de São José de Ribamar.

Com a postura pé-no-cão que adotou…

Compartilhar

Onda 65 alcança mais de 10 bairros de São Luís no fim de semana

Por Martim Varão.

Onda 65 alcança mais de 10 bairros de São Luís no fim de semana

A cada dia a onda 65 do candidato a prefeito de São Luís pelo PCdoB, Rubens Jr, vai tomando as ruas da cidade, levando propostas, ideias e ouvindo a população, visando uma gestão democrática e popular.Afastado das ruas devido ao coronavírus, Rubens Jr tem sido substituído na liderança dos atos pelo candidato a vice-prefeito Honorato Fernandes (PT) e pelo coordenador geral da campanha, o deputado federal Márcio Jerry (PCdoB), e pela senadora Eliziane Gama (Cidadania)

Na última semana, mais de 10 bairros foram visitados pelo Onda 65 e a resposta popular foi empolgante. A Vila Nova República- na Zona Rural, Divinéia, Vila Luizão, Vila Mauro Fecury I e II, Vila Palmeira, Cohab, Forquilha, entre outros receberam caminhadas que arrastaram multidões. Outros como a Vila Embratel, Cidade Operária e Jd. São Raimundo receberam reuniões com líderes comunitários e candidatos a vereador da coligação.Rubens Jr tem o apoio de sete partidos no pleito: PCdoB, PT, PP, Cidadania, PMB, DC e Solidariedade. Mais de 200 candidatos a vereador apoiam o projeto político de Rubens Jr, que pretende implantar uma gestão mais humana, popular e democrática, focada no desenvolvimento social de São Luís.

Compartilhar

Vereador Matias Marinho alerta para o autoexame da mama

Fazer o autoexame da mama é um ato de amor próprio. Quem se informa e previne sai na frente contra o câncer de mama. Cuide-se, mulher!

Compartilhar

Estranho no Santuário de Ribamar, Jota Pinto é engolido na disputa por prefeitura

Por blog Marrapa.

Ex-secretário da gestão Edivaldo Holanda Junior em São Luís, Jota Pinto (PDT) não deve ir longe na disputa pela Prefeitura de São José de Ribamar.

Envolto em uma guerra com os padroeiros da política ribamarense, o candidato forasteiro parece um herege em território santo; sem espaço, legitimidade e discurso.

Com uma estrutura política e de comunicação de fazer inveja, Jota tem desempenho minúsculo, chocho, que nunca chega a dois dígitos, quase sempre ultrapassado pelos concorrentes Dr Julinho (PL), Beto das Vilas (Republicanos), Eudes Sampaio (PTB) e Edson Junior (MDB).

Em meio à disputa entre os grupos Cutrim, de Luís Fernando, das famílias Julinho e Câmara, Jota Pinto é um nanico.

Nos bastidores, inclusive, há quem aconselhe ele a ligar o automático, focar na reeleição da esposa vereadora da capital e esperar o resultado de novembro, na expectativa de assumir definitivamente o mandato na Assembleia.

Compartilhar

Ribamar: Eudes Sampaio mostra preparo e conhecimento de gestão em sabatina

Por Marco Aurélio D´Eça.

O prefeito de São José de Ribamar e candidato à reeleição, Eudes Sampaio, foi o último sabatinado da série promovida pelo programa Na Mira, da rádio Mirante FM. O atual gestor mostrou preparo e conhecimento da gestão para solução para os principais problemas do município, avançando em outras áreas onde a gestão ainda não atuou.

“Pra qualquer coisa que vai fazer na vida é preciso ter o mínimo de conhecimento. Respeito todos os candidatos, mas ser prefeito de São José de Ribamar não é uma aventura, exige extrema responsabilidade. Por isso precisa ser administrada por quem conhece sua economia, sua geografia e seus problemas. Precisamos de uma gestão eficiente e que coloque o cidadão em primeiro lugar. É isso que estamos fazendo e vamos continuar fazendo pelos próximos quatro anos”, afirmou o prefeito.

Confira o que disse Eudes sobre os principais temas tratados:

Educação na pandemia

“Durante a pandemia fizemos ensino remoto, pesquisa com a comunidade escolar e atividade à distância, com as mães buscando a atividade na escola. Conseguimos atingir durante a fase aguda da pandemia 80% dos alunos. Estamos levantando o número de alunos não atingidos para atingirmos 100%”.

“Vamos voltar em modelo híbrido em 2021, com kits de segurança sanitária para os alunos. Vamos atender os alunos não foram atendidos. 20% dos alunos de Ribamar corresponde a aproximadamente 5 mil alunos. São 113 escolas. Melhorando acesso à Internet temos condições de atingir esses alunos. Temos como atingir esse número”.

Limite entre municípios da Ilha

“Existe um grande equívoco na questão de se colocar que existe problema na definição dos limites na Ilha. Os limites estão absolutamente resolvidos. O governador Flávio Dino sancionou três leis, que solucionou a divisão. Não há mais qualquer tipo de dúvida. São 350 pontos identificados. Quem falar isso está desinformado. Foi uma luta muito dura. Iniciamos isso em 2005 quando nosso grupo político entrou na prefeitura. Eu era secrteário da Receita e coordenei o trabalho. No Censo 2010, melhorou. E em 2017, quando Luís Fernando voltou fomos a campo, o projeto foi aprovado na Assembleia e foi resolvido. A questão do IPTU, sentamos com a prefeitura de São Luís para não mandar para o Cohatrac V e resolvemos”.

Geração de empregos

Por sermos o único município que faz limite territorial em fronteira terrestre com São Luís e termos uma economia mais frágil, 60% da nossa população trabalha em São Luís. E temos que criar infraestrutura no que temos potencial, como o Turismo. Precisamos criar infraestrutura turística, para que o turista que vem em Ribamar para o turismo religioso, fique mais um pouco e consuma mais como em outros lugares. Por isso, temos um plano para melhorar o setor, principalmente o turismo náutico, temos uma baía muito bela. Agora mesmo conseguimos recurso para revitalizar a Meira Mar, vamos urbanizar o espigão e atrair mais turistas. E vamos investir na educação profissionalizante. Ainda perseguimos a implantação do distrito industrial para atender a Ilha, que vai gerar muitos empregos na nossa cidade.

Infraestrutura

“O problema de uma cidade que chove seis meses no ano é drenagem. Nas vias asfaltadas que não tem drenagem, o asfalto vai danificar. Devemos fazer o que estamos fazendo hoje, como na Mascarenhas de Moraes. Todo ano ali acabava e estamos fazendo uma obra que vai durar uns 30 anos. Esse é um exemplo que vamos atacar nos próximos anos. São vários trechos como esse, por exemplo, no Parque Vitória, e vamos evitar esses problemas atacando a drenagem”.

Compartilhar

MP de Contas quer nulidade de decisão ilegal de Washington Oliveira que limpou ficha de Dr. Julinho

Sem prévia remessa dos autos ao Parquet, conselheiro suspendeu, monocraticamente, efeitos de acórdão do plenário do TCE-MA que julgou irregulares as contas de 2007 da Maternidade Benedito Leite

O Ministério Público de Contas pediu ao plenário do TCE (Tribunal de Contas do Estado) que reconheça a nulidade de uma decisão do conselheiro Washington Oliveira que suspendeu os efeitos do acórdão da própria corte, já transitado em julgado há 10 anos, que julgou irregulares as contas da Maternidade Benedito Leite, referente ao exercício de 2007, de responsabilidade de Júlio César de Sousa Matos, o Dr. Julinho (PL).

Ilegal, a decisão foi proferida, monocraticamente, sem prévia remessa dos autos ao Parquet, no último dia 8, e limpou o nome de Dr. Julinho da lista de gestores com contas julgadas irregulares, usada pela Justiça Eleitoral para análise de inelegibilidade de candidatos. Também contraria jurisprudência do STJ (Superior Tribunal de Justiça), que em decisão recente negou recurso ao ex-gestor sobre o mesmo processo.

“Data maxima venia, tal decisão TERATOLÓGICA afigura-se NULA de pleno direito, sendo consequentemente nulos os efeitos dela advindos”, diz trecho da manifestação do MP de Contas. O documento, obtido pelo ATUAL7, é assinado por todos os quatro procuradores do órgão, que atuam de forma independente.

Com a decisão de Washington Oliveira, Dr. Julinho tenta se livrar de multa de R$ 100 mil a ser paga aos cofres públicos e firmar seu nome na disputa pela prefeitura de São José de Ribamar nas eleições municipais de 2020.

A manobra, contudo, deve ser barrada pelos demais integrantes do TCE-MA, que se reúnem em sessão nesta quarta 14. Além do recurso ser intempestivo, o conselheiro relator não tem autoridade para atropelar decisões do plenário do Tribunal de Contas.

Compartilhar