Governo do MA investiu recursos da Previdência na Caixa para garantir empréstimo

http://platform.twitter.com/widgets/tweet_button.fd774b599f565016d763dd860cb31c79.pt.html#dnt=false&id=twitter-widget-5&lang=pt&original_referer=http%3A%2F%2Fgilbertoleda.com.br%2F&related=AddToAny%2Cmicropat&size=m&text=Governo%20do%20MA%20investiu%20recursos%20da%20Previd%C3%AAncia%20na%20Caixa%20para%20garantir%20empr%C3%A9stimo&time=1462322098458&type=share&url=http%3A%2F%2Fgilbertoleda.com.br%2Farquivos%2Fgoverno-do-ma-investiu-recursos-da-previdencia-na-caixa-para-garantir-emprestimo

WhatsAppEmailCompartilhar

dinoO governo Flávio Dino (PCdoB) realizou uma operação financeira com recursos do Fundo Estadual de Pensão e Aposentadoria (FEPA) e do Fundo de Benefícios dos Servidores do Estado do Maranhão (FUNBEN) para garantir um empréstimo de R$ 55,2 milhões na Caixa Econômica Federal (CEF).
A contração do crédito foi aprovada na semana passada pela Assembleia Legislativa (reveja) e os termos do contrato foram publicados no Diário Oficial do Estado em edição do dia 26 de abril.
Para que a operação fosse possível no banco, os comunistas aceitaram retirar parte dos recursos da Previdência estadual, que estavam aplicados integramente no Banco do Brasil, e investir em um fundo na CEF.
Fala-se em R$ 52 milhões.
No governo, a ação tem sido classificada como “diversificação do investimento”.
Segundo os defensores da medida, com as aplicações dividias entre o BB e a Caixa, o objetivo é proporcionar uma espécie de concorrência entre as duas instituições, em busca de melhores rendimentos.
E com mais alguns milhões em sua carteira de investimentos, a CEF aceitou então emprestar a grana ao Estado.
Compartilhar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *