Andrea Murad e Lobão Filho preparam golpe contra pré-candidatura de Fábio Câmara

A deputada Andrea Murad e o suplente de senador Lobão Filho devem consolidar, nas próximas semanas, um golpe contra a pré-candidatura a prefeito de São Luís do vereador Fábio Câmara.
O golpe, arquitetado há pouco mais de dois meses, ganhou força por a alta cúpula do PMDB do Maranhão nunca ter acreditado e por isso abraçado a pré-candidatura de Fábio Câmara a prefeito, e segue basicamente os seguintes pontos:
1. Andrea retiraria a pré-candidatura e declararia apoio público à Câmara;
2. Educado, Fábio aceitaria o apoio, aliando-se novamente aos Murad após acirramento político em 2014;
3. Lobão Filho, contando com a linha auxiliar do deputado federal Hildo Rocha, passaria a declarar, só então, apoio público à pré-candidatura de Andrea;
4. Via Roberto Costa, Lobão Filho convenceria o senador João Alberto a tirar Fábio da disputa, e emplacaria Andrea como pré-candidata única e oficial do PMDB à Prefeitura de São Luís;
5. Fábio Câmara seria, então, obrigado a retribuir o gesto e declarar apoio à pré-candidatura de Andrea Murad;
6. Vencendo ou perdendo a eleição, Andrea ganharia musculatura política na capital angariada por Fábio e faria campanha, em 2018, para Lobão Filho, que disputará uma das duas vagas do Senado a que o Maranhão terá direito no pleito daquele ano.
7. Não eleita a prefeita, Andrea Murad teria força na capital, com os votos conquistados a ela por Fábio Câmara, para disputar a reeleição de deputada estadual com maior facilidade.
Como já de conhecimento público, dos sete pontos combinados, dois já aconteceram e o terceiro já se encontra em curso. O restante, se o plano der certo, acontecerá naturalmente.

Atual7

Compartilhar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *