Brutalidade: Sobrinho do prefeito e motorista da prefeitura espancam jornalista em Presidente Juscelino

Priscila Petrus  10 de junho de 2019 0 140

Na madrugada desta segunda-feira (10), por volta das 00h30min, no município de Presidente Juscelino, o Jornalista e Blogueiro Neto Cruz (DRT 1792/MA) foi covardemente espancado por duas pessoas ligadas a gestão do Prefeito de Presidente Juscelino, Magno Teixeira (PSDB).

O profissional da imprensa, que faz críticas pontuais à gestão, estava na cidade fazendo cobertura jornalística sobre os 55 anos de emancipação política do município.

O primeiro agressor trata-se de Maycon Nanderson – vulgo “Nando” – sobrinho do prefeito Magno Teixeira e pessoa responsável, segundo interlocutores do Blog, por distribuir internet para órgãos da prefeitura. O mesmo já tem histórico de agressão na cidade e, antes do ocorrido, já havia tentado intimidar o Jornalista na festa que acontecia em praça pública, em alusão ao aniversário da cidade.

Temendo o pior, Neto Cruz decidiu ir para casa, para se resguardar e manter sua integridade física, o que não foi possível. Poucos metros de onde acontecia o evento, o Jornalista foi abordado pelo sobrinho do prefeito, Maycon Nanderson e por um motorista que presta serviço na secretaria de educação do município, por nome Paulo Ricardo Guimarães – vulgo “Tatá” -, que segundo apurou o Blog estaria tentando concorrer ao cargo de Conselheiro Tutelar do município.

Numa sequência de socos na cabeça, costas e costelas, os dois em conjunto rasgaram a camisa do Jornalista, além de tentá-lo arrastar a contragosto para longe do público, quando o mesmo foi socorrido por um morador do município, que lhe deu refúgio.

Depois disso, ambos voltaram para o camarote que se localizava de frente para o palco onde a festa acontecia, como se nada tivesse acontecido e onde o prefeito, tio de Nanderson, estava presente. Acionados, os agentes da Polícia Militar presentes no local disseram que não “poderiam fazer nada”. Pela manhã, o Jornalista se direcionou à Delegacia Civil de Rosário, onde registrou ocorrência e já acionou seu Advogado que tomará as medidas judiciais cabíveis.

Compartilhar

Osmar Filho participa de ações no Itapiracó e Gapara e prestigia festa junina

PO vereador e presidente da Câmara Municipal de São Luís, Osmar Filho (PDT), participou, neste fim de semana, de uma ampla agenda que incluiu visitas a vários arraiais e brincadeiras juninas; além de ações educativas realizadas nos bairros Itapiracó e Gapara.Sempre acompanhado da sua esposa, Clara Gomes, Osmar, na sexta-feira, prestigiou o arraial do Instituto de Previdência e Assistência do Município (IPAM), atendendo convite do vereador Raimundo Penha, também do PDT.

O pedetista, em seguida, deslocou-se para o Ceprama, onde acompanhou e confirmou apoio ao Encontro de Gigantes, tradicional evento que reúne os principais grupos de Bumba Boi que participam do São João do Maranhão.“Sou apaixonado pela cultura do nosso estado, especialmente pelas festas juninas, que encantam com alegria através das nossas músicas, brincadeiras e alegria contagiante do público”, afirmou o vereador/presidente.No sábado, Osmar participou, pelo segundo ano consecutivo, o batizado do Boi Pirilampo, na Cohab.O presidente da Câmara, devido ao amor que nutre pelas festas juninas e cultura maranhense, foi escolhido, mais uma vez, para ser padrinho do tradicional batalhão, que este ano completou 23 anos de atividades.“O Osmar Filho é um político jovem, um gestor dinâmico que implementou uma forma moderna de administrar o Parlamento de nossa cidade. Além disso, é um apaixonado pela cultura popular maranhense, um incentivar de todas as agremiações folclóricas do nosso Maranhão”, disse o presidente do Pirilampo, Renato Dionísio.

Neste domingo, Osmar Filho esteve, no período da manhã, na Área de Preservação Ambiental do Itapiracó, onde aconteceu uma ação de plantio de dezenas de mudas de Ipês doadas pela prefeitura. O objetivo foi promover a revitalização da flora e fauna, além de envolver a população, de maneira a conscientizá-la de que também é responsável pela sustentabilidade da reserva.A ação foi uma iniciativa do Legislativo Municipal, em parceria com o Fórum de Defesa da APA do Itapiracó (FAI) e a Comissão de Meio Ambiente e Qualidade (COM-VIDA), uma nova forma de organização na escola que se baseia na defesa do meio ambiente, com a participação de estudantes, professores, funcionários, diretores e comunidade.Ela foi pensada após uma audiência pública realizada na Câmara de Vereadores por iniciativa de Osmar Filho, na última segunda-feira (05), dia dedicado mundialmente ao meio ambiente, para debater os problemas ambientais existentes na reserva.

Em seguida, Osmar participou de mais uma edição do Programa ‘Cuidando de Você’, no bairro do Gapara.Idealizado pelo vereador Dr. Gutemberg (PRTB), a iniciativa ofereceu serviços variados, como vacinação, aferição de pressão, teste de glicemia, orientações de saúde bucal e nutricional, consultas pediátricas, além de vacinação para cães e gatos. “Estamos dialogando com a comunidade, aproveitando para ouvir sobre as suas necessidades e nos colocando à disposição para dar qualquer tipo de encaminhamento na Câmara Municipal”, assegurou Osmar Filho.

Compartilhar

Papéis investidos: Dallagnol e Sérgio Moro passam de acusadores a suspeitos”, diz Márcio Jerry

O deputado federal Márcio Jerry (PCdoB) comentou a bombástica série de reportagens publicada neste domingo (9), pelo portal The Intercept, revelando discussões internas e “atitudes altamente controversas, politizadas e legalmente duvidosas da força-tarefa” da Lava Jato, entre o procurador Deltan Dallagnol e o atual ministro da Justiça, Sergio Moro.

“Dallagnol e Sérgio Moro passam de ‘acusadores e julgadores implacáveis’ a suspeitos de terem utilizado ilegalmente os cargos com o objetivo de fazerem perseguição politica”, afirmou o deputado.

O parlamentar do Maranhão também prometeu tomar medidas na Câmara dos Deputados para cobrar a verdade. “As revelações gravíssimas do Intercept sobre Lava Jato exigem explicações urgentes de Moro e Dallagnol. Na Câmara, a bancada do PCdoB cobrará providências”, completou.

Compartilhar

Ivaldo Rodrigues visita comunidade Nova Vida

Localidade na Zona Rural é polo produtivo e espaço onde o vereador e atual secretário de Abastecimento desenvolve projetos de moradia

O secretário municipal de Abastecimento, Ivaldo Rodrigues (PDT), esteve na manhã deste sábado em visita à comunidade Vida Nova.

A região é polo produtivo de várias culturas agrícolas, que recebem apoio da Semapa.

– Além disso, também é uma localidade ontem tenho efetiva participação na consolidação das garantias do direito à moradia – comentou.

Na vista, Ivaldo conversou com produtores e moradores locais…

Compartilhar

Site revela conversas entre Moro e Dallagnol sobre a inversão da operação Lava Jato

O site The Intercept derrubou as estruturas da “República de Curitiba” ao revelar as conversas entre Sérgio Moro e Deltan Dallagnol nas quais o então juiz federal sugeriu ao procurador que trocasse a ordem de fases da Lava Jato, cobrou agilidade em novas operações, deu conselhos estratégicos e pistas informais de investigação, antecipou ao menos uma decisão, criticou e sugeriu recursos ao Ministério Público e deu broncas em Dallagnol como se ele fosse um superior hierárquico dos procuradores e da Polícia Federal.

“Talvez fosse o caso de inverter a ordem da duas planejadas”, sugeriu Moro a Dallagnol, falando sobre fases da investigação. “Não é muito tempo sem operação?”, questionou o atual ministro da Justiça de Jair Bolsonaro após um mês sem que a força-tarefa fosse às ruas. “Não pode cometer esse tipo de erro agora”, repreendeu, se referindo ao que considerou uma falha da Polícia Federal. “Aparentemente a pessoa estaria disposta a prestar a informação. Estou então repassando. A fonte é seria”, sugeriu, indicando um caminho para a investigação. “Deveriamos rebater oficialmente?”, perguntou, no plural, em resposta a ataques do Partido dos Trabalhadores contra a Lava Jato.

Segundo o “Tha Intercept”, as conversas fazem parte de um lote de arquivos secretos enviados site por uma fonte anônima há algumas semanas (bem antes da notícia da invasão do celular do ministro Moro, divulgada nesta semana, na qual o ministro afirmou que não houve “captação de conteúdo”).

Nas conversas, também foi discutido o vazamento da conversa entre Lula e a ex-presidente Dilma Rousseff, que iria nomeá-lo para a Casa Civil. O vazamento foi muito criticado á época. Dellagnol pergunta a Moro se a decisão de abrir as conversas estava mantida e o juiz pergunta qual a posição do MPF. O procurador responde: “abrir”.

Em uma das conversas num grupo de mensagens do Telegram, procuradores trocaram mensagens expressando indignação quando o ex-presidente Lula foi autorizado pelo ministro Ricardo Lewandowski a dar uma entrevista à “Folha de São Paulo”.Eles traçaram estratégias para cassar a autorização por temerem que a entrevista ajudasse a eleger o então candidato do PT, Fernando Haddad. Os procuradores comemoraram quando a autorização para a entrevista foi cassada.A força-tarefa da Lava Jato divulgou uma nota agora à noite declarando que seus integrantes foram vítimas de ação criminosa de um hacker. E que esse hacker praticou os mais graves ataques à atividade do Ministério Público, à vida privada e à segurança de seus integrantes.O ministro Sérgio Moro lamentou o que disse ter sido uma invasão criminosa a seu celular. Afirma ainda que “quanto ao conteúdo das mensagens que me citam, não se vislumbra qualquer anormalidade ou direcionamento da atuação enquanto magistrado, apesar de terem sido retiradas de contexto e do sensacionalismo das matérias”. Ou seja, nem o MPF nem Sérgio Moro negaram a veracidade das conversas. Apenas questionaram como estas chegaram ao site e o contexto no qual as conversas se passaram.

Compartilhar

Polícia Civil afirma que Investigações estão avançadas sobre explosão de banco na Av. dos Holandeses

Imagens de câmeras de segurança estão em análise pela polícia para tentar identificar os suspeitos de participação no assalto a agência bancária do Banco do Brasil da Avenida dos Holandeses. O resultado da perícia deve ser conhecido ainda esta semana. O grupo de homens armados atacou o prédio do Banco do Brasil, na madrugada de segunda-feira (3), utilizando explosivos.

“Estamos na coleta destes equipamentos e do que venha a contribuir para que possamos apontar os envolvidos. É uma perícia minuciosa e que, dependendo da qualidade das imagens, pode levar alguns dias. Fato é que temos elementos que vão somar para identificarmos os suspeitos e prendê-los o mais brevemente possível”, pontua o titular do Departamento de Combate a Roubos a Instituições Financeiras (DCRIF), delegado Luciano Corrêa Bastos. O DCRIF integra a Superintendência Estadual de Investigações Criminais (Seic), da Polícia Civil.

Com as imagens, a polícia busca detalhes que levem aos suspeitos e, também, ao veículo utilizado para o crime. Durante a investigação também serão ouvidas pessoas que passavam pelo local e funcionários do banco.

Elucidação dos crimes

O secretário de Estado de Segurança Pública, Jefferson Portela, reiterou o planejamento e trabalho conjunto das forças de segurança para combater esse tipo de crime. “Temos equipe qualificada e equipamento de grande porte para conter esses criminosos. Nossa polícia está para resolver esses crimes”, declarou.

Este ano, com o uso de material explosivo, já tinham sido registradas cinco ocorrências contra instituições financeiras. Destas ocorrências, três foram em cidades do interior do estado e os casos foram solucionados pela polícia maranhense, com a identificação e prisão dos suspeitos, além da recuperação do que foi roubado.

Das ações em agências na capital, uma foi nas proximidades da AABB, em janeiro, com prisão de cinco pessoas; e em abril, na agência na Avenida Santos Dumont, também com prisões. No interior, houve ataques a banco em Santa Inês, praticado pela mesma quadrilha que agiu na Avenida Santos Dumont e, consequentemente, já está presa; as investigações policiais prosseguem nas cidades de Pedro do Rosário e Santana do Maranhão.

Estratégias

O delegado geral de Polícia Civil, Leonardo Diniz, ressalta que a gestão estadual está cada vez mais empenhada no combate à criminalidade, incluindo o combate ao roubo de bancos.

“Temos reforçado a segurança no interior do Estado a partir do planejamento das ações e trabalho conjunto das forças de segurança para a prevenção e controle deste e de outros tipos de crime. Esse trabalho tem alcançado êxito com a prisão de suspeitos em curto espaço de tempo e desarticulação de grupos criminosos”, frisou Leonardo Diniz.

A Secretaria de Estado de Segurança Pública (SSP-MA) desenvolve periodicamente a operação ‘Maranhão Seguro’, que reforça o policiamento na segurança de agências bancárias no interior do Estado. O aparato atua em ocasiões de maior movimentação, a exemplo dos dias de pagamento e abastecimento de caixas.

“Esse trabalho contribuiu para reduzir bastante as ocorrências de roubo a banco no interior. A polícia da capital soma forças com as equipes das cidades do interior e tem conseguido frear casos e garantir a segurança nestes locais”, destacou o titular da DCRIF, delegado Luciano Corrêa Bastos.

O trabalho preventivo da polícia inclui ainda monitoramento de áreas e melhorias em estruturas na segurança das cidades. O Comando de Operações e Sobrevivência em Área Rural (Cosar), grupamento especial militar, atua especificamente na contenção de casos nos interiores e é formado por policiais especializados no combate a este tipo de crime. Os Batalhões de Polícia Militar distribuídos nos municípios somam forças nas operações de segurança

Compartilhar

Márcio Jerry é vítima de fake news nas redes sociais e Hackers postam sobre morte do deputado

A que ponto chega a crueldade política. O site do governo do Maranhão foi invadido por hackers que postaram uma nota de falecimento, como se o deputado federal Márcio Jerry tivesse morrido em acidente de avião.

Por meio das redes sociais, Jerry desmentiu a postagem criminosa.

“Atenção!!! Postagem CRIMINOSA reproduzida no WhatsApp diz que morri há pouco em acidente aéreo. Estou aqui vivo, graças a Deus. E adotando as providências para descobrir quem cometeu tamanho absurdo”, disse Jerry.

Compartilhar

Parlamentares acompanham inaugurações de novos equipamentos públicos em São Luís

O presidente da Câmara Municipal de São Luís, Osmar Filho (PDT), e os vereadores Raimundo Penha (PDT) e Fátima Araújo (PC do B) acompanharam, neste sábado (01), o governador Flávio Dino (PCdoB) e o secretário do Desenvolvimento Social, Márcio Honaiser (PDT), na inauguração de dois equipamentos de Segurança Alimentar e Nutricional na capital.A primeira parada foi na solenidade de entrega do Banco de Alimentos, realizada na Central de Abastecimento do Maranhão (Ceasa). Em seguida, prestigiaram a inauguração do Restaurante Popular, no bairro João Deus.Osmar Filho aproveitou para parabenizar a gestão do comunista e o esforço da vereadora Fátima Araújo.‘’ Meus parabéns à vereadora Fátima, pela conquista do tão sonhado restaurante popular do João de Deus, que beneficiará várias famílias carentes com mais de 1.000 refeições por dia a R$3,00. Grato também ao Governador Flávio Dino, por ter atendido a indicação da nossa vereadora. Mais um benefício que soma as expectativas da nossa população’’, disse o pedetista.Filho também conferiu de perto a alegria da população, ouviu e dialogou com a comunidade, além de aprovar a qualidade da comida do mais novo Restaurante.Também estiveram presentes, o secretário das cidades e Deputado Federal Rubens Pereira Júnior; o vice-prefeito de São Luís, Júlio Pinheiro; o Deputado Federal, Márcio Jerry.

Vereadores acompanham inaugurações de novos equipamentos públicos em São Luís
O Restaurante Popular do João de Deus é a 8ª unidade implantada em São Luís e a meta é ofertar 1000 refeições no almoço e 500 no jantar. As unidades públicas de alimentação ofertam refeições nutritivas e balanceadas ao preço simbólico de R$ 3. Os principais público são desempregados, estudantes, trabalhadores, moradores de rua e de famílias em situação de insegurança alimentar.

O Banco de Alimentos, desenvolvido em parceria com a Cooperativa dos Hortifrutigranjeiros e com a Central de Abastecimento do Maranhão (Ceasa), visa minimizar os efeitos da fome e combater o desperdício de alimentos, além de possibilitar o acesso de pessoas em situação de insegurança alimentar, a alimentos básicos e de qualidade.

Compartilhar

Senadora Eliziane Gama alerta para o ataque aos mais pobres em relação a MP 871

Mais uma vez o bolsonarismo cria uma farsa de combate à corrupção para ativar robôs nas redes sociais e em seguida levantar a opinião pública em favor de um projeto que penaliza os mais pobres.

A MP 871 aprovada ontem pelo congresso nacional sob o mantra de combate às fraudes no INSS não ataca os problemas da previdência no Brasil que são os grandes sonegadores do INSS.

As empresas privadas devem R$ 450 bilhões, e foram completamente ignoradas por uma MP apelidada de anti-fraude.

A MP 871 diminui de 30 para 10 dias o prazo para apresentação de defesa na hipótese de haver indícios de irregularidade ou erros materiais na concessão do benefício. Quem conhece o interior do Maranhão e mesmo agências do INSS da capital sabe que esse prazo é muito curto para que o trabalhador busque atendimento e para que faça a apresentação de sua defesa, principalmente para quem não dispõe de estrutura para pagar custos de um advogado, por exemplo. Os mais pobres e com menos acesso à informação terão ainda mais dificuldades. A MP pode suspender o benefício caso a defesa não seja apresentada no pequeno tempo que foi dado.

Por isso a senadora Eliziane Gama votou contra o projeto. E a parlamentar maranhense vai além, demonstrando a ilegalidade da matéria, uma vez que, segundo a senadora, contraria o devido processo legal e autoriza a suspensão cautelar de benefícios sob suspeita de irregularidades, até que o beneficiário apresente defesa; ou seja, a suspensão poderá ser feita antes mesmo que seja comprovada a irregularidade.

Compartilhar

Márcio Jerry diz “a previdência, o mercado financeiro dita as regras para Bolsonaro”

Circula nos bastidores de Brasília a informação que tanto para os ministros de Jair Bolsonaro (PSL), como para o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), a proposta de reforma da Previdência pode ser votada na Casa ainda antes do recesso parlamentar, previsto para começar no dia 17 de julho.

Para o deputado federal Márcio Jerry (PCdoB), o regime de capitalização proposto por Paulo Guedes favorece apenas os ricos e a reforma em si ainda precisa de amplo debate entre os parlamentares e a sociedade civil. “A proposta de reforma da previdência encaminhada por Jair Bolsonaro na verdade intenta aniquilar a própria previdência social como direito da sociedade. O tal mercado dita as regras para Bolsonaro tentar cumprir, abocanhando mais dinheiro às custas do povo. É isso o que quer a proposta de instituição do regime de capitalização”, afirmou.

Cabe ressaltar que o modelo proposto pelo governo federal já foi aplicado em diversos países e falhou na maioria deles. “A previdência precisa de mudanças, mas não pode ser destruída. As mudanças devem focar correções para garantir o direito à previdência e não o contrário”, completou Jerry.

Compartilhar