Clima esquenta no PDT e Weverton afirma que Osmar Filho será o candidato a prefeito de São Luís

O presidente estadual do PDT, senador Weverton Rocha, deu uma declaração que abriu fogo na disputa interna do partido para a candidatura à prefeitura de São Luís.

Weverton reafirmou que o presidente da Câmara Municipal, Osmar Filho, será o candidato da legenda, e que já deixou isso claro ao deputado estadual Yglésio Moises. “A gente tem um trabalho e não fica criando ilusões e nenhum tipo de desilusão”.

O comandante do PDT demonstrou que, diferente do que vem afirmando Yglésio, o partido não quer perder um deputado e ainda ter mais concorrência pela prefeitura com um candidato em outro partido. Por isso, foi categórico ao afirmar que o deputado “não será liberado para sair do partido”.

Yglésio respondeu em nota, tentou colocar alguns panos quentes sobre as declarações do senador, mas reafirmou que é pré-candidato e poderá ser por outro partido. O deputado disse que nunca questionou a legitimidade da pré-candidato Osmar Filho, mas afirma: “É legítima, não apenas para mim, mas como para qualquer filiado, a possibilidade de buscar viabilizar seu projeto de pré-candidatura a qualquer cargo que seja”.

O deputado diz que justamente para não criar embaraço dentro do partido, considera a possibilidade de sair.

Mas agora, com a declaração de Weverton, que note-se, não foi desmentida publicamente em momento algum, Yglésio está em situação difícil para manter a candidatura.

Clodoaldo Correa

Compartilhar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *