Deputado Zé Inácio caminha para ser o próximo presidente do PT/MA

Não obstante o parlamentar fazer parte da base do governador Flávio Dino (PCdoB), a sua chapa tem defendido que o PT não pode confundir aliança política com submissão a projetos de outros partidos de forma automática.

O deputado Zé Inácio deu mais um importante passo para a consolidar a sua candidatura a presidente estadual do PT.

Na manhã desta segunda-feira (20), o parlamentar reuniu-se com membros das chapas “Construindo um Novo Brasil” (CNB) e “A Força Que Vem da Base”. A reunião teve como objetivo firmar o apoio das chapas a candidatura do deputado a presidente do PT estadual.

A chapa “A Força Que Vem da Base”, liderada pelo ex-secretário do Trabalho, José Antônio Heluy, e pelo ex-vereador por Pedreiras, Rogério do PT, pretendia lançar candidato a presidente, mas resolveu abrir mão da candidatura para reforçar o projeto encabeçado por Zé Inácio em nome da unidade do partido.

“A Força Que Vem da Base” é formada, entre outros, pelos municípios de Pedreiras, Trizidela do Vale, Esperantinópolis, São Luís Gonzaga, Santa Inês, Poção de Pedras, Bacabal, Vitorino Freire, Olho D’agua das Cunhãs, Turilândia, Lima Campos, Timbiras, Bernardo do Mearim, Pio XVII e Alto Alegre do Maranhão.

Rogério do PT, um dos presentes na reunião, vê a união das chapas como uma forma de representar o desejo do PT dos interiores e dos movimentos sociais de defender do ex-presidente Lula, a Presidenta Dilma, o legado PT do e a eleição de um presidente que possa representar todo o diretório do interior do Maranhão.

“O companheiro Zé Inácio é a pessoa mais indicada para essa representação, ele que vem do interior do Maranhão, nasceu em Bequimão, é envolvido com as lutas sociais, os movimentos sindicais e quilombolas. Ele representa de fato o PT do Maranhão”, declarou Rogério.

O deputado Zé Inácio agradeceu o apoio das chapas e destacou a importância do apoio da região de santa Inês e do médio Mearim no fortalecimento da sua candidatura.

“Esse apoio é importante, pois amplia a nossa liderança no Estado, além de favorecer a nossa candidatura a presidente estadual do PT, de tal forma que ira nos fortalecer no encontro estadual e nos ajudar a conseguir o maior número de delegados para garantir a vitória.”, declarou o parlamentar.

Autonomia

O amplo movimento que se dá em torno da candidatura de Zé Inácio a presidente do PT é marcado fundamentalmente pelo signo da autonomia partidária.

Isso porque, não obstante o parlamentar fazer parte da base do governador Flávio Dino (PCdoB), a sua chapa tem defendido que o PT não pode confundir aliança política com submissão a projetos de outros partidos de forma automática.

É por essa defesa intransigente da autonomia partidária e formulação de um projeto político-eleitoral petista no estado já a partir de 2018, que Zé Inácio está carimbando o seu ‘passaporte” para se torna o futuro presidente do PT.

É aguardar e conferir.

Compartilhar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *