Dino acredita na parceria público-privada para revitalização do Centro Histórico de São Luís

Edifício João Goulart: totalmente recuperado por parceria público-privada.

O primeiro prédio no Centro Histórico de São Luís reformado pela parceria entre o setor público e a iniciativa privada, o edifício João Goulart, foi entregue na sexta-feira (24). A implementação desse tipo de parceria é mais um modelo de gestão pública que está sendo implementado pelo governador Flávio Dino no Maranhão, por meio do programa Nosso Centro. Só uma rápida olha no João Goulart e já é possível perceber, a soma de força pode gerar bons frutos.

“Nós devemos valorizar administrativamente este investimento que é fruto de uma inovação gerencial, uma vez que se materializa aqui também a primeira parceria público-privada do nosso estado”, anunciou Flávio Dino.

O edifício, datado da década de 50, estava há quase 30 anos sem funcionar. A reforma e modernização do prédio aconteceu em 18 meses. A nova estrutura sediará órgãos da administração pública estadual e terá o terraço aberto ao público, para visitação, de onde se tem uma vista privilegiada da ilha de São Luís.

Na presença da primeira-dama do presidente João Goulart, Maria Thereza Goulart, Flávio Dino reiterou a importância dos investimentos e união de esforços, que vai contribuir para que o conjunto do Patrimônio Histórico de São Luís, e do Maranhão, seja mais valorizado, destacando ainda a dimensão da modernização do funcionamento de órgãos do governo, que contarão com uma nova estrutura.

“Estamos aqui celebrando mais um passo de um programa governamental, chamado Nosso Centro, que visa requalificar, valorizar, reocupar, dar sentido econômico, gerar emprego e renda a esse enorme patrimônio da nossa cidade, tombado pela Unesco como patrimônio da humanidade. Aqui, centenas de servidores públicos irão trabalhar, e por tanto, temos aqui, servidores da sociedade que encontraram melhores soluções de exercerem suas profissões”, destacou.

Adote um Casarão

Nesta semana o Governo do Estado divulgou o resultado do edital para reforma e concessão de imóveis do Estado que estão situados no Centro Histórico de São Luís. Intitulado como Adote um Casarão, a iniciativa faz parte do programa Nosso Centro. O edital de licitação foi lançado com o objetivo de identificar pessoas físicas ou jurídicas de direito privado, com ou sem fins lucrativos, interessadas em recuperar e obter concessão de uso não remunerado de casarões de propriedade do Governo do Estado. A concessão de uso gratuito dos casarões terá o prazo máximo de até 30 anos, a depender do imóvel, contados a partir da assinatura do Termo de Adesão ao Programa Adote um Casarão, não podendo ser prorrogado.  O programa disponibilizou 11 imóveis públicos, totalizando cerca de 4,5 mil metros quadrados de área útil no Centro Histórico.

Clodoaldo Correa

Compartilhar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *