Estranho no Santuário de Ribamar, Jota Pinto é engolido na disputa por prefeitura

Por blog Marrapa.

Ex-secretário da gestão Edivaldo Holanda Junior em São Luís, Jota Pinto (PDT) não deve ir longe na disputa pela Prefeitura de São José de Ribamar.

Envolto em uma guerra com os padroeiros da política ribamarense, o candidato forasteiro parece um herege em território santo; sem espaço, legitimidade e discurso.

Com uma estrutura política e de comunicação de fazer inveja, Jota tem desempenho minúsculo, chocho, que nunca chega a dois dígitos, quase sempre ultrapassado pelos concorrentes Dr Julinho (PL), Beto das Vilas (Republicanos), Eudes Sampaio (PTB) e Edson Junior (MDB).

Em meio à disputa entre os grupos Cutrim, de Luís Fernando, das famílias Julinho e Câmara, Jota Pinto é um nanico.

Nos bastidores, inclusive, há quem aconselhe ele a ligar o automático, focar na reeleição da esposa vereadora da capital e esperar o resultado de novembro, na expectativa de assumir definitivamente o mandato na Assembleia.

Compartilhar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *