Ex Sarneyzista e agora Pré-candidato de Bolsonaro ao Senado, Pastor Bel deve se tornar inelegível por responder a processo eleitoral

Heber Valdo Silva da Costa ou simplesmente Pastor Bel atualmente é suplente de senador na chapa do enrolado Edson Lobão teve passagem rápida e conturbada no Senado federal.

Pastor Bel foi manchete nacional quando usou o cartão corporativo do Senado para pagar despesas pessoais em “férias” em Fortaleza, agora na mídia local explodem casos que mostram que o Pastor Bel é bem mais parecido com seu parceiro de chapa do que se podia imaginar.

Bel pego em vídeo que nada lembra a postura de um Pastor além da vida pessoal “mundana”, também responde a processo eleitoral que deve o tornar inelegível de acordo com a Lei da Ficha limpa, ele responde a processo por não prestação de contas, o processo número: 1237.96.2014.6.10.0000 cujo relator o juiz Eduardo José Leal Moreira, o processo que corre na comarca de São Luís tem alguns agravantes pois o astuto Pastor Bel quis dar um drible na justiça “alegando que não havia sido notificado”, essa armação do “Lobo em pele de Cordeiro” Pr Bel teve como consequência ele ter sido condenado por litigância de má fé pelo pleno do TRE-MA por unanimidade, a notificação da justiça foi entregue e assinada pela mãe do enrolado Pastor no endereço informado por ele quando resolveu fazer parte da chapa Sarneyzista.

A questão de fundo disso é como a pre candidata Maura Jorge e o pre candidato Jair Bolsonaro vão pagar de “honestos” e “diferentes” andando com gente que tenta enrolar até a justiça? Isso se Bel não for impedido até a eleição que é o que deve acontecer.

Compartilhar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *