Fracassa manipulação de pesquisa em favor de Rubens Júnior

Por Marco Aurélio D´eça.

Mesmo com a anuência da Justiça Eleitoral – que finge não estar vendo nada – e com retirada de candidaturas, Instituto DataIlha não conseguiu convencer o povo a despejar intenções de votos no candidato do PCdoB, que mantém últimas posições na disputa  em São Luís

O grupo do governador Flávio Dino tem feito de tudo para alavancar a candidatura do seu afilhado, Rubens Pereira Júnior (ambos do PCdoB).

Conta para isso, inclusive, com a anuência da Justiça Eleitoral e do Ministério Público, que fizeram vista grossa à manipulação do Instituto DataILha em sua última pesquisa de intenção de votos.

Mesmo assim, não adiantou: Rubens Júnior continua na rabeira da disputa pela Prefeitura de São Luís, atrás de Eduardo Braide (Podemos), Duarte Júnior (Republicanos), Wellington do Curso (PSDB), Neto Evangelista (DEM), Bira do Pindaré (PSWB) e Adriano Sarney (PV).

Para tentar alavancar o candidato de Flávio Dino, o DataIlha inventou duas medidas.

Primeiro tentou manipular o eleitor, apresentando-o como candidato de Lula em São Luís, o que não é verdade; em seguida, tirou da pesquisa candidatos do PSOL, do PL e do PSTU.

A pesquisa DataILha fracassou e revelou apenas que Rubens Júnior é um peso morto dentro da base do governo e tende a levar o governador a uma derrota histórica na capital maranhense.

Veja abaixo os números do levantamento, registrado no TRE ob o número de protocolo sob o número 0027/2020:

Compartilhar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *