GOVERNO: Márcio Jerry nega saída de “secretários-candidatos” em outubro

Com a declaração de Márcio Jerry, principal homem do Governo do Estado, e que pensa e se movimenta para ser candidato a deputado federal em 2018, pode-se considerar que Flávio Dino vai mesmo deixar para exonerar os “secretários-candidatos” somente no prazo estabelecido pela legislação eleitoral vigente, ou seja, abril do próximo ano.

Em conversa com o Blog do Robert Lobato, o secretário de Comunicação e Articulação Política, jornalista Márcio Jerry, negou que o governador Flávio Dino (PCdoB) tenha a intenção de exigir que o secretários que pretendem ser candidatos nas eleições de 2018 tenham que entregar os cargos até outubro deste ano.

“Governador não se manifestou sobre o assunto, não estabeleceu até agora esse prazo de outubro para os que serão candidatos ano que vem. Não está claro, sequer, quem será mesmo candidato”, assegurou o secretário sem querer se comprometer se ele está incluindo no “não está claro sequer quem será candidato”.

A notícia sobre suposta antecipação da saída dos chamados “secretários-candidatos” para o mês de outubro foi dada por blogs da cidade, mas até então apenas o líder do governo na Assembleia Legislativa, deputado Rogério Cafeteira (PSB) havia comentado sobre o assunto, porém sem muita segurança de se tratar de uma real intenção do governador ou de mera especulação da imprensa.

Com essa declaração de Márcio Jerry, principal homem do Governo do Estado, e que pensa e se movimenta para ser candidato a deputado federal em 2018, pode-se considerar que Flávio Dino vai mesmo deixar para exonerar os “secretários-candidatos” somente no prazo estabelecido pela legislação eleitoral vigente, ou seja, abril do próximo ano.

Compartilhar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *