GREVE DOS CAMINHONEIROS: Advogado quer que tribunais suspendam prazos processuais até normalização do fornecimento de combustível

O jovem advogado Eriko Ribeiro requereu junto aos Tribunais (Justiça, do Trabalho e Eleitoral) com jurisdição no Maranhão que suspendam, com urgência, os prazos processuais, audiências e sessões em todas as unidades judiciais do Estado, até que se normalize o fornecimento de combustível.

Segundo advogado além das dificuldades habituais no acesso à jurisdição, essa crise nacional de abastecimento praticamente inviabilizou o deslocamento de partes e advogados aos Fóruns, tanto em São Luís quanto ao interior do Estado, causando graves prejuízos aos direitos das partes e à boa distribuição da Justiça.

“No país, mais de 17 Tribunais de outros Estados já atenderam pleitos de Seccionais da OAB e grupos de advogados, senti a necessidade de, individualmente, devido à aparente inércia dos órgãos de representação da advocacia e dos grupos que estão se formando para discutir a profissão”, afirma o advogado.

As petições já protocoladas junto ao TJMA e ao TRT 16ª Região (pedido suspensão prazos TJMA e pedido suspensão prazos TRT)

Compartilhar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *