Holandinha corre atrás do prejuizo e muda licitação de transporte

edivaldo_TTPor meio da rede social do Twitter, o prefeito Edivaldo Holanda Júnior(PTC) rechaçou que o Projeto de Lei Complementar nº 076/2014 enviado à Câmara Municipal, que dispõe sobre a licitação do transporte público de São Luís, tenha a intenção de acabar com o benefício de meia passagem para estudantes de instituições de ensino particulares.
Segundo o chefe do executivo municipal, tudo não passou de um erro de digitação na mensagem enviada à Câmara de Vereadores.
“Um erro de redação em uma mensagem do executivo e no projeto de lei de iniciativa deste jamais poderá ser maior que um direito conquistado”, afirmou Edivaldo.
Ao ter a humildade de reconhecer o erro que poderia colocar em xeque a gratuidade das passagens em casos específicos, Edivaldo tratou imediatamente de enviar outra mensagem ao Pode Legislativo de São Luis
“Qualquer mensagem em contrário que porventura tenha sido enviada à Câmara será prontamente reformulada. A meia-passagem, um direito conquistado com muita luta, está garantida. Para todos os estudantes”, assegurou Edivaldo.
O projeto de licitação dos transportes de licitação da capital tem sido alvo de duras críticas por parte da vereadora oposicionista Rose Sales (PP), que entrevista chegou a afirmar que trata-se de um “faz-de-conta” (reveja).
Daqui a pouco Projeto de Lei Complementar nº 076/2014 voltar a ser discutido na Câmara Municipal.
Vale aguardar e conferir os desdobramentos.
Robert Lobato

Compartilhar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *