Márcio Jerry quer que Moro saia de uma vez por todas do cargo

Em meio à crise aberta com a divulgação de mensagens trocadas com a força-tarefa da Lava Jato, o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, deve tirar uma licença entre a próxima segunda-feira (15 de julho) e a sexta (19).

Segundo despacho publicado nesta segunda-feira (8) no Diário Oficial da União, o motivo do afastamento temporário de Moro será para “tratar de assuntos particulares.”

O deputado federal Márcio Jerry, que foi autor do convite para Moro se explicar na Câmara dos Deputados, disse que o ministro deveria pedir para sair logo do cargo. “Férias não, Sérgio Moro. Pede logo para sair e se defender sem a proteção do cargo dessas acusações de conluio político traindo a missão do Judiciário, desdenhando a Constituição e o Código de Processo Penal”, escreveu nas redes sociais.

Clodoaldo Correa

Compartilhar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *