Prefeitura vistoria circulação de novos coletivos na Zona Rural

Os usuários de transporte coletivo da zona rural de São Luís já contam com uma frota de novos ônibus que começaram a circular neste sábado (7) na região. Os ônibus fazem parte da frota entregue pelo prefeito Edivaldo no último dia 20, e que já estão rodando também na Vila Luizão e Cidade Olímpica. Até quarta-feira estarão todos nas ruas, beneficiando mais de 250 mil usuários que utilizam o sistema de transporte de São Luís.
Eles substituem os veículos com mais de 10 anos de fabricação garantindo mais conforto e segurança aos usuários. Com a entrada em circulação da nova frota, a Prefeitura reitera o compromisso de remodelar todo o sistema de transporte público da capital.
“Depois de entregar os novos veículos na Vila Luizão e Cidade Olímpica, estamos aqui na zona rural reestruturando o sistema de transporte, que é uma determinação do prefeito Edivaldo. Isso vai trazer mais conforto e qualidade ao usuário da zona rural”, enfatizou o secretário municipal de Trânsito e Transportes (SMTT), Canindé Barros, que está acompanhando a operacionalização da frota. No Terminal do Distrito Indústrial, no bairro do Maracanã, foram entregues 15 ônibus.
Na segunda-feira (9), os novos coletivos serão entregues no Anjo da Guarda e, na terça (10), no Parque Vitória e na região do Ipem Turu. O secretário destacou que além do incremento de 250 ônibus novos, a SMTT está trabalhando na implantação da biometria facial, com GPS, já efetivada em 350 dos 1.100 ônibus da frota urbana.
“Até o final de abril estaremos com os 1.100 implantados com a biometria facial e vamos partir para discussão do Bilhete Único juntamente com lançamento do edital da licitação do transporte. Todas essas providências cumprem um objetivo, que é uma qualidade maior no transporte coletivo de São Luís”, completou o secretário.
O trabalho que a Prefeitura está fazendo no sistema de transporte da cidade será concretizado também na malha viária, segundo Canindé. “Não adianta a gente ter um transporte coletivo novo onde você tem grandes corredores problemáticos. Nós vamos implantar faixas preferenciais do transporte coletivo para priorizar este transporte para que a gente possa chegar a 35 km a média do transporte coletivo que hoje chega no máximo a 15km”, revelou o secretário.
A entrega dos novos ônibus na zona rural contou com a participação de representantes comunitários da região e do vice-presidente do Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros de São Luís (SET), Gilson Neto, que destacou que esses novos ônibus representam a maior renovação de frota de São Luís e uma das maiores da história do Brasil.
“Aqui no Nordeste nunca se viu nada parecido, tanto é prova disso que as fábricas não conseguiram aplicar o cronograma, o calendário da renovação de frota. A gente sofreu com alguns atrasos em decorrência das férias coletivas de dezembro, mas os ônibus chegaram e estão aqui para atender a população”, disse Gilson.
Os presidentes da Associação Folclórica de Coqueiro, José Linhares, e da União dos Moradores de Coqueiro, José Carlos Silva, também elogiaram a chegada da nova frota. “É de grande importância para São Luís, que estava com uma frota bem antiga, principalmente para a zona rural”, disse José Linhares. “Estávamos precisando mesmo desta renovação, pois a população aumentou muito na zona rural e agora chegou esta frota nova para servir a todos”, completou Carlos Silva.
Além desses bairros onde os novos ônibus já estão circulando, os coletivos vão atender, diretamente, linhas para os bairros da Santa Rosa, Circular 1 e 2, Habitacional Turu, Forquilha, Residencial Primavera, Chácara Brasil, Olho D’Água, Ipem Turu, Santa Clara, Recanto dos Pássaros, Bairro de Fátima, Vila dos Nobres, Coroadinho, Coheb/Sacavém, Parque Timbira, Jardim Tropical/São Francisco, Divineia, Sol e Mar, Popular Ipase, Vila Itamar, Socorrão 2, São Raimundo, Vila José Reinaldo Tavares, Cidade Olímpica, Vila Cascavel, Santa Bárbara, Vila Embratel, Parque Vitória, Anjo da Guarda, São Bernardo, Quebra Pote, Cidade Operária, Arraial e São Francisco. 
FALA, POVO

Samuel Ribeiro Cardoso, motorista

“Agora, tanto nós, motoristas, como os usuários teremos mais conforto e segurança com a chegada dos novos ônibus”.

Paulo Henrique Guimarães, presidente da Associação dos Usuários de Transporte

“A população está sendo atendida pelo prefeito Edivaldo. Tenho certeza que tanto a direção da Associação dos Usuários do Transporte, como a sociedade maranhense está sendo contemplada com esses novos veículos”.





Tânia Regina Mendes, empregada doméstica


“Com ônibus novos é outra coisa. Não corremos o risco de ficar no meio do caminho com o ônibus no prego. Espero que a população também ajude não depredando os novos coletivos”.
Compartilhar

47 políticos são investigados na Operação Lava jatsão

O ministro Teori Zavascki, do Supremo Tribunal Federal (STF), decidiu nesta sexta-feira (6) autorizar a abertura de inquérito para investigar 49 pessoas – das quais 47 políticos – suspeitos de participação no esquema de corrupção da Petrobras revelado pela Operação Lava Jato.
A presidente Dilma Rousseff e o senador Aécio Neves (MG), presidente nacional do PSDB, foram citados em depoimentos de delatores, mas tanto a Procuradoria Geral da República quanto o ministro Zavascki entenderam que a investigação em relação a ambos não se justificava.
Entre os que serão investigados, há 22 deputados federais, 12 senadores, 12 ex-deputados e uma ex-governadora, pertencentes a cinco partidos, além de dois dos chamados  “operadores” do esquema – o tesoureiro do PT, João Vaccari Neto, e lobista Fernando Soares, o “Fernando Baiano”.
O PP é o partido com mais políticos entre os que responderão a inquéritos (32). Em seguida, vêm PMDB (sete), PT (seis), PSDB (um) e PTB (um).
Não há governadores de estado na lista. Eventuais casos de governadores deverão ter os pedidos de abertura de inquéritos entregues na próxima semana pela Procuradoria Geral da República ao Superior Tribunal de Justiça (STJ), que tem atribuição de investigar governadores – nos casos das investigações de deputados e senadores, o foro é o STF.
Teori Zavascki retirou o segredo de justiça de todos os procedimentos de investigação. Segundo ele, não existe “interesse social” no sigilo das informações. “Pelo contrário: é importante, até mesmo em atenção aos valores republicanos, que a sociedade brasileira tome conhecimento dos fatos relatados”, argumentou.
O anúncio dos nomes foi feito a partir das 20h25, depois de um dia de intensa ansiedade nos meios políticos de Brasília. Uma assessora do Supremo leu os nomes dos parlamentares alvos dos inquéritos. São os seguintes, por partido:
PP
– Senador Ciro Nogueira (PI)
– Senador Benedito de Lira (AL)
– Senador Gladson Cameli (AC)
– Deputado Aguinaldo Ribeiro (PB)
– Deputado Simão Sessim (RJ)
– Deputado Nelson Meurer (PR)
– Deputado Eduardo da Fonte (PE)
– Deputado Luiz Fernando Faria (MG)
– Deputado Arthur Lira (AL)
– Deputado Dilceu Sperafico (PR)
– Deputado Jeronimo Goergen (RS)
– Deputado Sandes Júnior (GO)
– Deputado Afonso Hamm (RS)
– Deputado Missionário José Olímpio (SP)
– Deputado Lázaro Botelho (TO)
– Deputado Luis Carlos Heinze (RS)
– Deputado Renato Molling (RS)
– Deputado Roberto Balestra (GO)
– Deputado Roberto Britto (BA)
– Deputado Waldir Maranhão (MA)
– Deputado José Otávio Germano (RS)
– Ex-deputado e ex-ministro Mario Negromonte (BA)
– Ex-deputado João Pizzolatti (SC)
– Ex-deputado Pedro Corrêa (PE)
– Ex-deputado Roberto Teixeira (PE)
– Ex-deputada Aline Corrêa (SP)
– Ex-deputado Carlos Magno (RO)
– Ex-deputado e vice governador João Leão (BA)
– Ex-deputado Luiz Argôlo (BA) (filiado ao Solidariedade desde 2013)
– Ex-deputado José Linhares (CE)
– Ex-deputado Pedro Henry (MT)
– Ex-deputado Vilson Covatti (RS)
PMDB
– Senador Renan Calheiros (AL), presidente do Senado
– Senador Romero Jucá (RR)
– Senador Edison Lobão (MA)
– Senador Valdir Raupp (RO)
– Deputado Eduardo Cunha (RJ), presidente da Câmara
– Deputado Aníbal Gomes (CE)
– Ex-governadora Roseana Sarney (MA)
PT
– Senadora Gleisi Hoffmann (PR)
– Senador Humberto Costa (PE)
– Senador Lindbergh Farias (RJ)
– Deputado José Mentor (SP)
– Deputado Vander Loubet (MS)
– Ex-deputado Cândido Vaccarezza (SP)
PSDB
– Senador Antonio Anastasia (MG)
PTB
– Senador Fernando Collor (AL)
Operadores do esquema
– João Vaccari Neto, tesoureiro do PT
– Fernando Soares, o Fernando “Baiano”
Arquivamentos

Além dos pedidos de abertura de inquérito, o Ministério Público Federal pediu o arquivamento em outros sete casos, entre os quais os dos senadores Aécio Neves (PSDB-MG), candidato derrotado à Presidência da República, e Delcídio Amaral (PT-MS); e dos ex-deputados Alexandre Santos (PMDB-RJ) e Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), ex-presidente da Câmara.

Outros três – os senadores Ciro Nogueira (PP-PI) e Romero Jucá (PMDB-RR) e o deputado e ex-ministro Aguinaldo Ribeiro (PP-PB) – tiveram parte das suspeitas arquivadas, mas serão alvos de inquérito em relação a outra parte.
Dilma e Palocci

A presidente Dilma Rousseff é citada em um depoimento de delação premiada, mas o procurador-geral informou que não tem competência legal para investigá-la.

No caso do Antonio Palocci, o ministro decidiu, conforme o pedido da Procuradoria Geral, remeter o caso para a primeira instância da Justiça Federal no Paraná.
Em depoimento em delação premiada do doleiro Alberto Youssef, Dilma é citado como suposta beneficiária de contribuições para a campanha eleitoral de 2010. O doleiro afirmou que Palocci teria pedido a ele recursos para a campanha.
21 inquéritos

Conforme a assessoria do STF, os 47 políticos serão investigados em 21 inquéritos instaurados no tribunal. Para o ministro Teori Zavascki, há indícios de ilicitude e não foram verificadas “situações inibidoras do desencadeamento da investigação”.

Zavascki destacou, porém, que a abertura de investigação não representa “juízo antecipado sobre autoria e materialidade do delito”, principalmente nos em que os indícios foram obtidos por meio de depoimentos feitos com base em delação premiada.
“Tais depoimentos não constituem, por si sós, meio de prova, até porque, segundo disposição normativa expressa, nenhuma sentença condenatória será proferida com fundamento apenas nas declarações de agente colaborador”, afirmou o ministro, ao deferir os pedidos do procurador-geral.
Em relação aos arquivamentos, o ministro argumentou que, conforme entendimento “pacífico” do Supremo, a Corte não pode recusar pedido de arquivamento feito pelo procurador-geral.]

Compartilhar

Eliziane Gama é uma forte candidata para a disputa da Prefeitura de São luís

Pesquisa realiza pelo Instituto Conceito, encomendada pelo médico Hilton Gonçalo, ex-prefeito de Santa Rita e divulgada nesta sexta-feira (06), mostra a deputada federal Eliziane Gama (PPS) como franca favorita para vencer a eleição municipal do próximo ano em São Luís. Em todos os cenários, de perguntas dirigidas, ela aparece com mais de 40%, enquanto o prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PTC) não passa dos 20%. O senador Lobão Filho (PMDB) incluído num dos cenários chega a pontuar melhor que a ex-governadora Roseana Sarney (PMDB), que também foi incluída na pesquisa.

Hilton Gonçalo justifica a encomenda da pesquisa lembrando que foi sondado pelo presidente regional do PSDB e vice-governador do Estado, Carlos Brandão, para se candidatar pela legenda tucana, portanto queria medir a sua popularidade e pelos números recebidos deu-se por satisfeito. Ainda filiado ao PDT, Hilton Gonçalo deverá decidir por um novo partido partido ou mudança de domicílio eleitoral somente em no segundo semestre, prazo final para quem pretende disputar as eleições municipais de 2016.
Veja os diversos cenários da pesquisa:
Espontânea

  • Eliziane Gama (PPS) 13,9%
  • Edivaldo Holanda Júnior (PTC) 11,4%
  • João Castelo (PSDB) 6,4%
  • Luís Fernando (SEM PARTIDO) 4,2%
  • Lobão Filho (PMDB) 2,8%
  • Bira do Pindaré (PSB) 1,7%
  • Neto Evangelista (PSDB) 1,7%
  • Roseana Sarney (PMDB) 1,4%
  • Ricardo Murad (PMDB) 1,1%
  • Roberto Rocha (PSB) 0,6%
  • Pedro Fernandes (PTB) 0,6%
  • Wellington do Curso (PPS) 0,3%

Estimuladas

Cenário 1

  • Eliziane Gama (PPS) 44,1%
  • Edivaldo Holanda Júnior (PTC) 18,2%
  • Roseana Sarney (PMDB) 9,2%

Cenário 2

  • Eliziane Gama (PPS) 42,8%
  • Edivaldo Holanda Júnior (PTC) 18,1%
  • Lobão Filho (PMDB) 11,7%
  • Bira do Pindaré (PSB) 8,1%

Cenário 3

  • Eliziane Gama (PPS) 55,6%
  • Edivaldo Holanda Júnior (PTC) 19,7%
  • Hilton Gonçalo (PDT) 3,9%

Simulação de segundo turno

Cenário 1

  • Eliziane Gama (PPS) 57,8%
  • Edivaldo Holanda Júnior (PTC) 21,1%
  • Nulo 15,8%
  • NS/NR 5,3%

Cenário 2

  • Edivaldo Holanda Júnior (PTC) 32,5%
  • Hilton Gonçalo (PDT) 20,3%
  • Nulo 29,4%
  • NS/NR 17,8%

Rejeição

Se a eleição para prefeito de São Luís fosse hoje, em quem você não votaria?

  • Roseana Sarney (PMDB) 40%%
  • Edivaldo Holanda Júnior (PTC) 29,7%
  • Lobão Filho (PMDB) 20%
  • Bira do Pindaré (PSB) 3,6%¨
  • Eliziane Gama (PPS) 1,9%
  • Hilton Gonçalo (PDT) 1,7%
  • Neto Evangelista (PSDB) 0,8%
  • NS/NR

Avaliação da administração Edivaldo Holanda Júnior?

  • 68,9% Desaprova
  • 29,4% Aprova
  • 1,7% Não opinaram

blog Aquiles Emir
Compartilhar

Stênio Rezende pede instalação do GTA em municípios maranhenses

O deputado Stênio Rezende (PRTB) apresentou indicações pedindo à Mesa Diretora da Assembleia Legislativa que encaminhe expedientes ao governador Flávio Dino e ao secretário de Segurança Pública, Jefferson Portela, solicitando-lhes providências, objetivando a implantação de unidades Grupo Tático Aéreo (GTA) na sede dos municípios de Santa Inês, Bacabal, Balsas e em Carolina.
Segundo o deputado, as solicitações são de grande relevância para aqueles municípios, considerando a grande demanda que necessita do reforço do sistema de Segurança Pública por meio das operações aéreas no combate ao crime. “A adoção de medidas vai coibir os constantes assaltos a bancos que vem ocorrendo no interior do Estado do Maranhão”, frisou Stênio Rezende.
Dentre os municípios que compõem a região de Santa Inês constam: Santa Luzia, Pio XII, Satubinha , Bela Vista do Maranhão, Pindaré Mirim , Alto Alegre do Pindaré, Bom Jardim , Igarapé do Meio, Monção e Turilândia.
Entre os municípios que compõem a região de Bacabal, destacam-se: São Mateus, Alto Alegre do Maranhão, São Luiz Gonzaga do Maranhão, Peritoró, Olho D ́Água das Cunhãs, Bom Lugar, Vitorino Freire, Lago da Pedra e Lago dos Rodrigues. Já na região sul, composta por aproximadamente 15 municípios, destacam-se Balsas, São Raimundo das Mangabeiras, Sambaíba, São Felix de Balsas, Riachão, Carolina, Tasso Fragoso e Alto Parnaíba.
Compartilhar

Previsão de concursos para todo Brasil

Há mais de 34,7 mil vagas abertas em concursos públicos nesta se mana de março em todos os âmbitos (municipal, estadual e federal). As chances são para candidatos de todos os níveis de escolaridade, om ou sem experiência, inclusive ha vagas para estágio.
Confira os principais concursos abertos e aproveite este começo de mês para programar seus estudos!

Marinha do Brasil

A Marinha do Brasil está ofertando mais de 4 mil vagas em dois certames diferentes. Oprimeiro deles se refere ao concurso público para admissão de 2.200 novos integrantes das Escolas de Aprendizes-Marinheiros (CPAEAM 2015), com período de inscrições aberto até 09 de março de 2015.
segunda seletiva da Marinha é para ocupação de 1.860 vagas no Concurso de Admissão às Turmas I e II/2016 do Curso de Formação de Soldados Fuzileiros Navais (C-FSD-FN). As inscrições estão abertas até 30 de março de 2015.

MPT

O Ministério Público do Trabalho (MPT) abriu o seu 19º concurso público, para preencher nove vagas ao cargo de Procurador do Trabalho, profissional que irá reforçar os quadros das Procuradorias Regionais do Trabalho e nas Procuradorias do Trabalho nos Municípios a elas vinculadas, com lotação prevista nos estados do Rio de Janeiro (1ª Região), São Paulo (2ª), Rio Grande do Sul (4ª), Bahia (5ª), Pernambuco (6ª), Mato Grosso (23ª), Mato Grosso do Sul (24ª), Espírito Santo (17ª), Goiás (18ª) e no Distrito Federal (10ª).

As inscrições acontecem na página do concurso (www.mpt.gov.br/concurso) até 12 de março de 2015, ao custo de R$ 220,00.

 TRT 15
O Tribunal Regional do Trabalho da 15ª Região – Estado de São Paulo (TRT-SP), inscreve até o dia 10 de março para o concurso que preencherá 66 vagas imediatas e ainda formar cadastro reserva, visando preencher cargos de Analista e Técnico Judiciário (níveis superior e médio, respectivamente).
O concurso público será realizado sob a responsabilidade da Fundação Carlos Chagas. Os salários oscilam entre R$ 5.425,79 e R$ 8.863,84, de acordo com o grau de escolaridade do candidato.

Concursos previstos e outras oportunidades

Prosseguem sendo bastante aguardados os concursos públicos para o DEPEN, Correios, INSS, ANS, ABIN, ANAC, Funai e diversos outros órgãos federais. Veja a relação completa dos Previstos aqui
Para aqueles que estão querendo participar de processos seletivos nas suas regiões (município ou estado) , a nossa dica é que confiram a lista de concursos em andamento no país, atualizada diariamente.
Compartilhar

Finalmente o sonho da Ponte sobre o Rio Pericumã vai se tornar realidade

O governador Flávio Dino assinou na manhã desta sexta-feira, 6, um ordem de serviço poderá torná-lo o rei da Baixada Maranhense.
Trata-se da ordem de serviço para construção da ponte sobre o Rio Pericumã, um obra estruturante que por anos a fio tornou-se uma das principais demandas da população baixadeira.
A obra vai beneficiar 10 municípios da Baixada Maranhense: Bequimão; Central do Maranhão; Mirinzal; Guimarães; Cedral; Porto Rico; Cururupu; Serrano do Maranhão; Bacuri e Apicum-Açu. Até hoje nunca se soube explicar como os sucessivos governos não atentarem para a importância dessa ponte para região.
Há histórias e mais histórias, versões e mais versões, lendas e mais lendas sobre o porquê da ponte nunca ter saído papel.
O ex-deputado federal e ex-ministro Gastão Vieira, por exemplo, chegou a fazer uma reunião em Pinheiro, e na presença do prefeito Filuca Mendes e demais gestores municipais de cidades vizinhas, prometeu recurso para o projeto da obra. Não se tem notícias se o dinheiro chegou aos cofres do Estado, mas havia ao menos a intenção de fazer-se alguma coisa para viabilizar o projeto.
Contudo, o importante é que agora o sonho vai se tornar realidade e ponte sobre o Rio Pericumã, enfim, fará parte da vida da população baixadeira. E já tem a até proposta de nome para a ponte.
É que leitor Antonio Marcos, em comentário no post “Zé inácio faz registro sobre a importância da ponte sobre o Rio Pericumã” (reveja), sugeriu ao deputado petista que defenda que a ponte receba o nome de “Governador Antonio Dino”, em homenagem médico baixadeiro e idealizador, nos 70, da estrada que liga a margem do Rio Pericumã, do lado do município Bequimão à sede do município, e do outro lado até a sede de Mirinzal e de Central do Maranhão.
Do blog Robert Lobato
Compartilhar

Membro da UNICEF destaca serviços da Prefeitura de São Luís na plataforma de Centros Urbanos

O representante do UNICEF no Brasil, Gary Stahl, elogiou as ações que a Prefeitura de São Luís vem desenvolvendo no sentido de garantir os direitos das crianças e dos adolescentes, objetivo maior do projeto Plataforma dos Centros Urbanos (PCU), uma iniciativa do UNICEF na busca de um modelo de desenvolvimento inclusivo das grandes cidades. Gary Stahl esteve reunido com o prefeito Edivaldo esta semana para avaliar as ações do projeto na capital. Ele estava acompanhado da coordenadora do escritório do UNICEF no Maranhão, Eliana Almeida.
Entre os pontos destacados por Gary como muito positivos estão a integração de todas as secretarias nas ações, a desagregação dos dados e o envolvimento da comunidade na definição das prioridades para cada território. Para impulsionar a redução das desigualdades urbanas, a PCU propõe três estratégias essenciais: monitoramento da redução das desigualdades, participação social nas políticas públicas nos territórios intraurbanos e participação cidadã dos adolescentes.
“Estamos aqui  para para analisar os avanços até hoje da plataforma em São Luís. Queremos ver o que foi feito e o que falta fazer até aferir os resultados e celebrar o sucesso ao final de 2016”, disse Gary. “Eu acho muito bom o trabalho que a Prefeitura fez nesses últimos dois anos, em ações em que todos os secretários trabalham conjuntamente para produzir os resultados, porque os resultados não são na área de saúde, ou educação, ou planejamento, são na área das crianças”, completou.
O prefeito Edivaldo destacou que reduzir as desigualdades é um desafio grande que a Prefeitura assumiu ao lado do UNICEF de trabalhar para melhorar os indicadores da cidade. “Foi uma reunião com perspectivas positivas para a nossa cidade. Temos sido pioneiros no desenvolvimento desse trabalho de forma mais abrangente, com a implantação dos fóruns para que haja debate e mapeamento das demandas mais emergenciais”, destacou o prefeito, que reafirmou o compromisso de trabalhar em defesa da garantia dos direitos das crianças e adolescentes.
A reunião contou com a participação de vários secretários, entre eles a secretária Municipal da Criança e Assistência Social (Semcas), Andréia Lauande, que fez uma breve explanação do trabalho já desenvolvido, juntamente com a jornalista Lissandra Leite.
AÇÕES
Como metodologia, a PCU dividiu São Luís em 30 áreas, tendo como base a divisão censitária do IBGE. Nesses territórios foram analisados indicadores como taxa de mortalidade infantil, percentual de nascidos vivos de gestantes com sete ou mais consultas de pré-natal, taxa de homicídios entre adolescentes com idade entre 10 e 19 anos, percentual de crianças de quatro a cinco anos matriculadas na educação infantil municipal e percentual de escolas de educação básica que possuem quadra esportiva.
A secretária Andréia Lauande destacou que o trabalho foi feito de forma articulada com outras secretarias municipais que têm indicadores para serem avaliados e monitorados na Plataforma dos Centros Urbanos. “Nós realizamos os fóruns, monitoramos, montamos as comissões e agora estamos na fase de construir o plano de intervenção para que se possa até 2016 avaliar se de fato conseguimos mudar alguns indicadores e o que conseguimos melhorar para a qualidade da vida de crianças e adolescentes em São Luís”, disse.
Os próximos passos do projeto, segundo o que foi apresentado durante a reunião, são a realização de dinâmicas da Comissão Intersetorial, oficina com as comissões territoriais, sistematização dos planos territoriais, composição do Plano Municipal da Plataforma dos Centros Urbanos, execução do plano, apoio as ações de mobilização comunitárias e dos adolescentes, formação de Conselhos Tutelares e a Semana do Bebê.
A coordenadora do escritório do UNICEF no Maranhão, Eliana Almeida, disse que avalia como muito positivo o trabalho realizado até agora em São Luís. “Temos um resultado que é uma ação intersetorial, além do que a Prefeitura chega às comunidades e discute com as populações quais são os problemas e as prioridades e isso a gente considera extremamente avançado. Sem sombra de dúvidas, com os envolvimento dos diversos setores, vamos conseguir avançar na garantia dos direitos das crianças e adolescentes”, observou.
A ideia é que a coleta e organização dos dados possibilitem ao Executivo municipal identificar áreas de atuação prioritárias, norteando programas de governo e políticas públicas para a infância. A plataforma prevê ainda o monitoramento desses indicadores até o ano de 2016, para a melhor aferição dos resultados.
A articulação da Prefeitura de São Luís para alimentar a Plataforma inclui as secretarias da Criança e Assistência Social (Semcas); de Desportos e Lazer (Semdel); da Saúde (Semus); da Educação (Semed); do Meio Ambiente (Semmam), além da Fundação Municipal de Cultura (Func) e do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA).
SAIBA MAIS
Esta é a segunda edição da Plataforma dos Centros Urbanos (PCU) que abrange, além de São Luís, outras sete capitais brasileiras. Baseada no compromisso dessas cidades com a redução das desigualdades urbanas que afetam a vida de crianças e adolescentes, a iniciativa acompanha, a partir de uma parceria com as prefeituras e com os conselhos de direitos dos respectivos municípios, números indicadores do acesso das crianças e adolescentes à saúde, à educação, à proteção e ao esporte. Participam também desta edição os municípios de Belém, Fortaleza, Maceió, Manaus, Rio de Janeiro, Salvador e São Paulo.
Compartilhar

Edivaldo Holanda entrega novo Centro de Saúde no Cohatrac

O prefeito Edivaldo Holanda Junior, acompanhado da secretária Municipal de Saúde, Helena Duailibe, entregou na manhã desta quinta feira (05), o novo Centro de Saúde Salomão Fiquene, localizado no Bairro do Cohatrac. A reinauguração do posto faz parte de um cronograma de ações de reestruturação da rede municipal de saúde, que só em 2014, ampliou seis unidades básicas.   

A unidade teve toda a sua estrutura física reformada e recebeu nova pintura, alem de reparos nas instalações elétricas e hidráulicas e manutenção dos equipamentos. É composta de quatro consultórios de clínica médica e um de especialidades, um gabinete odontológico, salas para vacina e atendimentos básicos, como verificação de pressão arterial, curativos, e uma sala específica para nebulização.    

Com a revitalização do centro, os serviços oferecidos a população do Cohatrac e toda região metropolitana de São Luis, vai continuar contando com a assistência das equipes de saúde da família e atendimentos ao adulto, adolescente e saúde da criança, bem como, prevenção, diagnóstico, tratamento e acompanhamento para portadores de hipertensão e diabetes, tuberculose e hanseníase. O posto também oferece vacinação para cães e gatos.     

A reforma da unidade destaca ainda a ampliação dos serviços de atendimento especial a Mulher, como a prevenção do câncer, atenção ao pré-natal, parto e nascimento. Além disso, o Salomão Fiquene passa a oferecer consultas em cardiologia e dermatologia, e ainda disponibiliza uma Central para marcação de consultas que irá funcionar de segunda a sexta feira das 7h30 ao meio dia.      
“É um momento extremamente importante para a cidade de São Luís, pois avançar na área da saúde significa dar qualidade de vida a população, claro, que não apenas reformando as unidades básicas, mas a reforma do Socorrão I e II, a construção do novo Hospital da Criança, o Hospital da Mulher funcionando em plena atividade, e a construção de uma Maternidade na Cidade Operária. Estamos entrando no terceiro ano de gestão e avançando bastante na área da saúde”, destacou Edivaldo Junior.    
O Prefeito de São Luís ainda destacou parcerias importantes para a ampliação estrutural da saúde. “O governo Federal e Estadual tem contribuído de forma significativa para a reestruturação das unidades de saúde. Hoje, a cidade pode ver o Governador Flávio Dino e o Prefeito Edivaldo Holanda caminhando lado a lado, e em breve vamos assinar alguns convênios que vão melhorar o transito e a pavimentação das ruas”, pontuou.   
  
Para Helena Duailibe, secretária da Saúde, a revitalização do Centro faz parte do programa de reestruturação da Saúde de São Luís. “Este ano vamos reformar mais 20 unidades, fazendo com que os profissionais da saúde façam um atendimento mais humanizado a nossa população. O cronograma de reformas está aberto, e a partir deste mês as outras unidades já começam a ser entregues”, frisou.   

Estiverem presentes no ato solene, o secretário Municipal de Comunicação, Batista Matos, o Apóstolo Silvio, da Igreja MAIS, os vereadores Isaías Pereirinha e Professor Lisboa, além de lideranças comunitárias e a sociedade civil.   

Compartilhar