Mais de 4 milhões desviados, esse dinheiro era para a construção de um hospital em Rosário. Ricardo nunca mais…

Como se não bastasse toda enrolada durante a antiga gestão da Saúde, agora mais essa para incluir no currículo de Ricardo Murad… 
Uma vistoria feita pela Força Estadual de Transparência e Controle (Fetracon) apontou um desvio de R$ 4,2 milhões na gestão do ex-secretário estadual de Saúde do Maranhão Ricardo Murad, cunhado da ex-governadora Roseana Sarney, em um contrato de R$ 4,8 milhões firmado com a empresa Ires Engenharia Comércio e Representação.
O dinheiro deveria ser investido na construção de um hospital de 50 leitos no município de Rosário, cuja conclusão foi prevista no contrato para o dia 19 de maio deste ano. Mas no local existe apenas um terreno vazio. A Fetracon também constatou indícios de diversos crimes e atos de improbidade, como licitação dirigida, pagamentos irregulares e superfaturamento.
Apenas a empresa Ires Engenharia Comércio e Representação apresentou proposta. Segundo o jornal O Imparcial, a gestão do ex-secretário de Saúde Ricardo Murad pagou para a empresa 26% do valor total do contrato, mas foi constatada apenas a execução de 3,2% do objeto contratado.
De acordo com o atual secretário de Estado de Transparência e Controle, Rodrigo Lago, foi recomendado à Secretaria de Saúde a rescisão do contrato. “Considerando as gravíssimas constatações feitas pela Força Estadual de Transparência e Controle, determinei a realização de auditoria na licitação e na execução do contrato, além de encaminhar recomendações à Secretaria de Estado da Saúde no sentido de rescindir o contrato em defesa do patrimônio público”, explicou o secretário Rodrigo Lago.
Compartilhar

Rede Globo recebeu quase 10 bilhões de publicidade federal na era PT

Esse post é para sentarmos à margem do rio Tietê e chorarmos copiosamente.
Só a TV Globo recebeu mais de R$ 6 bilhões de publicidade federal durante a era PT.
Se contássemos as afiliadas da Globo em outros estados, essa conta subiria quase 2 bilhões
Se acrescentarmos rádios, jornais, portais pertencentes à Globo, mais uns 2 bilhões.
No total, veremos que o governo federal petista deu quase R$ 10 bilhões para a família Marinho.
Depois o PT quer fazer “pesquisa” para entender porque é tão odiado.
Depois os petistas querem entender porque o fascismo se expande na sociedade, e ministros petistas são xingados em restaurantes.
São xingados, com todo o respeito, porque o PT é burro.
Burro e masoquista.
Os tucanos quebraram, de verdade, o país; aprovaram a emenda mais “chavista” de toda a América Latina: reeleição para si mesmo, sem direito a opinião do povo sobre isso; multiplicaram a nossa dívida pública; acorrentaram-nos aos pés do FMI…
E seus economistas são aplaudidos em restaurantes.
Enquanto isso, Mantega, que salvou a economia brasileira durante uma das piores crises da história recente do capitalismo, é xingado por retardados em São Paulo, que lhe acusam de “destruir tudo”.
O PT alimentou o próprio inimigo com dinheiro público.
Quer dizer, não apenas o próprio inimigo. O inimigo da classe trabalhadora em geral.
Pior: nos últimos dois anos, em 2013 e 2014, a publicidade federal para os órgãos do golpe aumentou fortemente.
Há uma equação certeira: quanto mais a publicidade federal se concentra nas mesmas famílias de barões midiáticos, mais despenca a aprovação do governo.
Enquanto isso, revistas progressistas, rádios comunitárias, iniciativas populares de comunicação, tudo ficou à míngua, abandonado.
A TV Brasil foi sucateada, abandonada politicamente, depois de todo o esforço feito para criá-la e subsidiá-la. Não tem audiência e ninguém parece se preocupar com isso.
Dessa vez, Fernando Rodrigues ficou até com pena da blogosfera. Em outras ocasiões, dava destaque aos caraminguás miseráveis que meia dúzia de sites ou blogs ganhavam de publicidade federal. Juntava o que, por exemplo, o blog Nassif ganhou durante uns dez anos e tascava um número sensacionalista:
“Nassif ganhou 1 milhão do governo federal”. Aí quando você dividia aquilo por dez ou doze anos, não dava nada.
Ao constatar o desprezo oficial do governo para com iniciativas de fomento à pluralidade política, Fernando Rodrigues nem tocou no assunto.
O que me lembra a canção de Bezerra da Silva, sobre o ladrão que invade a casa do pobre e quase morre do coração, “ao ver tanta miséria em cima de um cristão”.
A grande mídia, esta sim, continuou ganhando na era Lula/Dilma o que sempre ganhou anteriormente. Em alguns casos, até mais.
Além de não fazer nada de concreto em prol da democratização da mídia, o governo petista ajudou a piorar o quadro de oligopólio dos meios de comunicação, através da concentração de verba publicitária federal em mãos de poucos.
E pelo mutismo covarde atual, não há nenhuma mudança substancial à vista.
O governo precisa entender que, em matéria de comunicação, não adianta agir em silêncio, discretamente. Isso é contraproducente. O ministro Edinho Silva, da Secom, tem de vir a público e falar abertamente à imprensa: “vamos democratizar profundamente as verbas públicas federais, porque é um imperativo da nossa Constituição, estimular o pluralismo político”.
E se preparar para a briga!
É tão difícil assim?
O PT quer continuar sendo linchado em restaurantes, aeroportos, etc?
O PT vai morrer beijando os pés de seus verdugos?
Quem se ferra, ao cabo, não é só o PT.
Todos os movimentos sociais, toda uma corrente de ideias, todo um sistema ideológico que dá sustentação às leis trabalhistas, ao monopólio da Petrobrás, tudo isso será tragado e destruído se o PT prosseguir financiando uma imprensa ultraconservadora, mentirosa e golpista.
Olha que nem falei do mais importante: as conspirações judiciais, quase todas alimentadas, desde seu início, pela mídia.
Brasil 247
Compartilhar

Sertanejos lançam campanha nas redes sociais contra o jornalista Zeca. Camargo

A dupla sertaneja Henrique e Juliano protestou em rede social

A dupla sertaneja Henrique e Juliano protestou em rede social
Sertanejos protestaram nas redes sociais contra a análise de Zeca Camargo sobre a morte do cantor Cristiano Araújo, vítima de um acidente de carro na quarta-feira, 24, aos 29 anos. Artistas como Israel Novaes, Fernando e Sorocaba, Marcos e Belutti, Munhoz e Mariano e Henrique e Juliano postaram imagens em que aparecem tampando os ouvidos após o apresentador afirmar que “de uma hora para outra, fãs e pessoas que não tinham ideia de quem era Cristiano Araújo partiram para o abraço coletivo”.
Zeca lista as mortes de Ayrton Senna, Mamonas Assassinas e Lady Di para questionar: “como então fomos capazes de nos seduzir emocionalmente por uma figura relativamente desconhecida? A resposta está nos livros de colorir”. Segundo Zeca, o fenômeno editorial destaca “a pobreza da atual alma cultural brasileira”. Ele finaliza: “temos tudo para adoramos ídolos de verdade”.
A crítica de Zeca foi ao ar no “Jornal das Dez”, da Globo News, e diz que o cantor “talvez tenha morrido cedo demais para provar que poderia ser uma paixão nacional”. Em seguida, sertanejos postaram imagens em que aparecem tapando os ouvidos para Zeca.
Sorocaba, da dupla Fernando e Sorocaba, foi um dos artistas que se manifestaram: “Tentando tapar o ouvido pra tanta bobagem … É triste ver em rede nacional o jornalista Zeca Camargo subestimando, nas entrelinhas da sua reportagem, a força da nossa musica sertaneja e a força dos nossos ídolos”.
A dupla Henrique e Juliano foi além e postou a imagem de um vaso sanitário com o nome do apresentador. “Zeca Camargo, tive o desprazer de ouvir suas palavras na televisão e é claro que, fiquei espantado com o tamanho do teu despreparo e incompetência. O senhor estava sob efeito de alguma droga?”, escreveu a dupla no Instagram.
“Não é porque o senhor acha que “CULTURA” está na tua cintura com a sua dança do ventre, que o senhor tem o direito de desrespeitar quem admira e respeita aqueles que trabalham arduamente pra ter o trabalho reconhecido usando um “microfone diferente” dos que o senhor usa pra ganhar o seu”, diz o texto.
Desde sua morte, a fama de Cristiano Araújo foi colocado em dúvida por internautas que desconheciam o sertanejo. O cantor, no entanto, foi o artista mais ouvido da Rádio Uol em 2014.
“Ídolos de verdade”
Zeca conclui sua crítica afirmando que o pop brasileiro “não precisa ser assim”. “Nossa história musical, e mesmo o passado recente, prova que temos tudo para adoramos ídolos de verdade, e para chorar de verdade pela presença deles no palco, ou na saudade da perda, mas olhando em volta, parece que não temos nada”, diz o apresentador.
Os internautas se dividiram quanto à análise de Zeca Camargo. Inicialmente, o apresentador foi duramente criticado e xingado nas redes sociais. “A maior besteira é a pessoa dizer que odeia um tipo de música e por isso considerar que quem ouve, não tem cultura. Zeca camargo lixo”, reclamou uma internauta.
Alguns usuário, porém, apoiaram a crítica. “Amei a opinião do Zeca Camargo, tá certíssimo, afinal que era Cristiano Araújo mesmo?  me poupem, se poupem, nos poupem”, comentou uma internauta. “O Zeca Camargo provando que o povo hoje em dia é tão mimado que não consegue ouvir crítica e aceitar opiniões diferentes”, opinou outro.
4brunobelutti
5israelnovaes
Sorocaba

Sorocaba
campanha-contra-zeca-camargo-israel-rodolfo-blog-bruno-figueredo-cristiano-araujo
10mariaceciliarodolfo
Compartilhar

Senador João Alberto vai descartar Zé Alberto em Bacabal

O presidente do Diretório regional do PMDB do Maranhão, senador João Alberto, reafirmou que seu candidato em Bacabal é o atual prefeito Zé Alberto, mas condicionou seu apoio ao desempenho dele nas pesquisas que serão feitas a partir do próximo ano.
“Em Bacabal, o meu candidato é o Zé Alberto, mas desde que ele tenha condições. Lá na frente, faremos uma pesquisa e quem estiver melhor posicionado vai concorrer as eleições no município, isso foi um acordo feito por nós”, revelou o senador em entrevista ao jornalista e blogueiro Diego Emir.
Ora, para um bom entendedor as declarações de João Alberto retratam sua disposição em apoiar seu aliado. Se fosse seu candidato real, diria que vai entrar desde já na campanha e ajudar com emendas e projetos a cidade que lhe abraçou como filho, e até colaborar com a gestão.
Não, o senador prefere deixar seu aliado caminhando feito um vaqueiro tocando a boiada sem rumo e nem direção, Zé Alberto só tem como adversário declarado ele mesmo, até porque o restante não lhe incomoda e nem existe.
Mas ele deve ficar de olho no seu capataz que sabe como ninguém derrubar qualquer um do cavalo.
Compartilhar

Dilma chega a Nova York ao lado de comitiva de ministros

A presidente Dilma Rousseff desembarcou neste sábado (27), acompanhada de comitiva de ministros, em Nova York para cumprir agenda política e econômica nos Estados Unidos até a próxima quinta-feira (2), segundo informou a Secretaria de Imprensa da Presidência da República. A visita incluirá encontro com empresários e com o presidente norte-americano, Barack Obama.

O avião presidencial pousou no Aeroporto Internacional John F. Kennedy por volta das 20h e, às 21h15, Dilma chegou ao hotel St. Regis, de acordo com a assessoria da Presidência. Não há agenda oficial prevista para este sábado.

Ao chegar ao hotel, Dilma foi perguntada sobre qual é a expectativa para o encontro com Obama. “Muito boa”, respondeu a presidente. Ela não parou para conversar com a imprensa. Além de retomar diálogo com o governo norte-americano, a viagem tem como objetivo atrair para o Brasil investimentos em infraestrutura. A primeira agenda oficial de Dilma será neste domingo, às 11h (10h no horário de Brasília), com empresários brasileiros.

A ida para os EUA ocorre num dia delicado para o governo. Na edição deste fim de semana, a revista “Veja” publicou reportagem que lista o nome de 18 políticos supostamente citados pelo dono da construtora UTC, Ricardo Pessoa, como beneficiados com dinheiro oriundo do esquema de corrupção na Petrobras investigado pela Operação Lava Jato. De manhã, oembarque da presidente atrasou devido a reunião com ministros marcada de última hora.
Outro contratempo foi a internação do ministro da Fazenda, Joaquim Levy, membro da comitiva formada pelos chefes de 11 pastas do governo federal. Ele foi internado nesta sexta-feira em Brasília com embolia pulmonar, que ocorre quando coágulo entope uma veia e obstrui a chegada do sangue ao pulmão. Levy foi liberado na madrugada deste sábado, mas não pôde embarcar com os colegas em avião oficial. A previsão era que o ministro viajasse em voo comercial nesta noite.
Visita oficial
A comitiva presidencial é formada pelos ministros Mauro Vieira (Relações Exteriores), Jaques Wagner (Defesa), Joaquim Levy (Fazenda), Renato Janine Ribeiro (Educação), Armando Monteiro (Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior), Nelson Barbosa (Planejamento), Ricardo Berzoini (Comunicações), Aldo Rebelo (Ciência e Tecnologia), Kátia Abreu (Agricultura) e Izabella Teixeira (Meio Ambiente), além do assessor especial da Presidência para Assuntos Internacionais, Marco Aurélio Garcia.

A viagem presidencial ocorre um ano e nove meses após o cancelamento de visita Estado aos Estados Unidos. O objetivo desta vez é retomar as relações diplomáticas, atrair investimentos para concessões na área de infraestrutura (aeroportos, portos, rodovias e ferrovias) e impulsionar a economia.

Esta é a primeira vez que a Dilma fará visita oficial ao país após as denúncias de que agências de inteligência norte-americanas teriam espionado líderes mundiais, incluindo a própria presidente, há quase dois anos – ela chegou a estar no país duas vezes, mas para participar da Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU).

Nos quatro dias em que permanecerá nos Estados Unidos, Dilma terá compromissos em Nova York, Washington e São Francisco. Nas três cidades, terá encontros com empresários dos setores financeiro, manufatureiro, de investimentos, tecnologia e inovação.

Compartilhar

Errar faz parte do caminho

“Ignore, supere, esqueça. Mas jamais pense em desistir de você por causa de alguém.” – Clarice Lispector
Conheço poucas pessoas que conseguiram chegar a um resultado final, sem ter caído e errado muitas vezes antes. Thomas Edison tem uma frase que ele diz que ele não errou dez mil vezes tentando fazer a lâmpada, ele descobriu dez mil maneiras de como não fazer.
Essa é a lição que devemos tirar, o erro faz parte da nossa caminhada e devemos aprender com ele, perseguindo sempre os acertos. Não tirar proveito do erro, aí sim é um erro.
Importante ressaltar que você também deve ter coragem de assumir o seu erro. Errar não é vergonhoso, aquele modelo engessado, do militarismo, onde o líder não pode errar e nem deixar de saber alguma coisa, ficou para traz. Um líder maduro e seguro do que faz, aceita mudanças, aceita ser desafiado e acima de tudo, aceita que errou.
A maioria acha que basta apenas a vontade de mudar para conseguir se dar bem.Porém a partir do momento que nos dispomos a mudar, as dificuldades, a cada passo que damos, aumenta, e são elas que farão com que consigamos avançar cada vez mais.
Abra sua mente. Não desista de você. Mude!
Compartilhar

Custos das MPEs nordestinas são 17% menores que a média nacional, aponta pesquisa

Uma pesquisa realizada pela ContaAzul, empresa que oferece software de gestão online para micro e pequenas empresas, apontou que os custos das MPEs nordestinas são, em média, 17% menores do que os de empresas estabelecidas em outras regiões brasileiras. A conclusão é parte de um levantamento feito pela ContaAzul em junho de 2015 com 5102 empresas com faturamento até R$ 3,6 milhões, sendo 543 da região Nordeste.

O estudo mostrou que o micro e pequeno empresário da região Nordeste gasta 35% a menos do que a média nacional com aluguel, que representa a maior parte dos custos com infraestrutura (58%). Por outro lado, os negócios nordestinos gastam 10% a mais com telefonia e internet; e 11% a mais com água e energia do que as MPEs instaladas em outras partes do País. No que diz respeito a serviços de contabilidade, os custos ao empreendedor estão 6% abaixo da média nacional.


Os menores custos também estão relacionados a investimentos em itens como licenças de software (45% a menos que a média nacional), aquisição de equipamentos (12% a menos) e marketing (35% a menos). Já o índice de endividamento das MPEs nordestinas é 11% menor do que a média encontrada nas outras regiões.


A pesquisa mostrou também que lidar com a burocracia é visto como o maior desafio na gestão dos negócios na região. O item foi apontado por 22,4% dos participantes como o principal obstáculo a ser vencido no dia a dia, seguido pela incapacidade de cumprir com todas as tarefas planejadas para o dia (19,2%) e pelo planejamento financeiro (19,2%). Apenas 18,4% enxergam a concorrência como o principal obstáculo para o negócio.


De acordo com o CEO da ContaAzul, Vinicius Roveda, a pesquisa confirma que a gestão dos impostos e o planejamento dos custos e despesas continuam sendo grandes gargalos para o crescimento dos micro e pequenos negócios. “Muitos empreendedores abrem seus negócios sem estarem preparados para lidar com a complexidade das finanças e dos impostos. As tecnologias online para a gestão, como o ContaAzul, que são acessíveis às PMEs, vêm tendo um papel importante para ajudar os micro e pequenos nestes desafios”, afirma.


Importância do contador


A pesquisa aponta, ainda, que os empreendedores pesquisados gostariam que o contador fosse uma figura mais ativa em ajudá-los em assuntos relacionados à estratégia do negócio.


Segundo o levantamento, 55% dos empreendedores nordestinos veem o contador como essencial para auxiliá-lo nos assuntos fiscais, mas apenas 22% contam com esse profissional para ajudá-lo em questões estratégicas. Por outro lado, 86% dos micro e pequenos empresários afirmam que o contador poderia ser mais próximo e contribuir com seu conhecimento, atuando como um consultor para o negócio.


“A pesquisa mostra que o contador, profissional que tem um conhecimento fantástico sobre gestão e uma visão de negócios muito abrangente por atender a clientes de diferentes segmentos, poderia contribuir mais para o crescimento das MPEs no Nordeste e em todo o Brasil”, ressalta.


“A percepção da ContaAzul é de que os contadores não têm tempo para desempenhar este papel estratégico, porque perdem boa parte de seu dia fazendo um trabalho de digitação de dados e que tem pouco valor para seus clientes. Por isso, a ContaAzul lançará em julho uma ferramenta gratuita que ajudará os escritórios contábeis a terem um ganho brutal de tempo no fechamento contábil e conciliação dos clientes atendidos”, diz Vinicius Roveda. O ContaAzul para Contadores estará disponível a escritórios de contabilidade de todo o Brasil a partir do mês de julho.


Confira outros destaques do levantamento:


A maioria das empresas pesquisadas no Nordeste (62,4%) conta com uma equipe entre duas e dez pessoas, e 20% dos empreendedores conduzem os negócios sozinhos.


Cerca de 16% dos empreendedores entrevistados em Pernambuco têm entre 18 e 25 anos, número maior do que a média nacional, que foi de 10,8%.


O reconhecimento e a satisfação do cliente é o que mais motiva 40% dos micro e pequenos empreendedores nordestino. O lucro foi apontado como principal motivação por apenas 16,8% dos respondentes.


18,18% dos pesquisados nacionalmente apontam que usam um software de gestão online porque a tecnologia os ajuda na gestão financeira. 17,3% alegam que a usabilidade é o principal fator na escolha de uma tecnologia de software como serviço.

Compartilhar

CREA MA e Alto Alegre do Pindaré firmam convênio

Organizar o sistema de fiscalização de obras públicas no município, com participação do conselho, é o principal objetivo do convênio firmado entre a Prefeitura de Alto Alegre do Pindaré e o Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Maranhão (CREA-MA). A solenidade foi no gabinete da presidência do conselho, em São Luís.
Pelo município assinou o prefeito Atemir Botelho e pelo CREA o presidente, engenheiro mecânico Cleudson Campos de Anchieta. Testemunhou a assinatura o consultor da prefeitura e Administrador de Empresa Leôncio Lima.
O documento prevê a cooperação do CREA à Prefeitura nos procedimentos relativos à atuação de profissionais de Engenharia e Agronomia e de empresas do ramo em operações da natureza no âmbito do território municipal.
Compartilhar

Governo convoca 2.294 excedentes do concurso da Polícia Militar e Bombeiros

O Governo do Maranhão, por meio da Secretaria de Gestão e Previdência (Segep), convocou nesta quinta-feira (25) mais 2.294 candidatos aprovados na primeira fase do concurso público para soldado da Polícia Militar e soldado bombeiro Militar. Os convocados agora farão o teste de aptidão física (TAF).

Do total de convocados, 1.884 são candidatos àsoldado da Polícia Militar e 410 a soldado do Corpo de Bombeiros Militar do Maranhão. Após o TAF, para garantir a aprovação final, eles ainda passarão por teste psicotécnico, exames médico e odontológico, investigação social e curso de formação.

432 já estão no curso de formação

A convocação dos candidatos à Polícia Militar e ao Corpo de Bombeiros faz parte da política fortalecimento e ampliação do Sistema de Segurança Pública do Governo do Maranhão. Por determinação do governador Flávio Dino, logo no início deste ano, mil candidatos do mesmo concurso foram convocados. Destes, 432 já estão na fase do curso de formação.

“Estamos cumprindo aquele compromisso assumido no dia 1º de janeiro. Vamos ampliar cada vez mais a presença da polícia na vida da população, visando garantir a paz e o respeito às leis”, afirmou o governador Flávio Dino sobre a convocação.

Edital de convocação

Para conferir o edital de convocação, a respectiva relação de convocados e o cronograma de execução das demais etapas do concurso, os candidatos deverão acessar o site da Fundação Sousândrade


O TAF para os novos convocados será realizado em São Luís, no período de 15 a 27 de Julho, no Núcleo de Esportes da Universidade Federal do Maranhão (UFMA), no Campus do Bacanga.

Veja o link específico para o edital de convocação éLinks do edital de convocação:

Compartilhar