Stênio Rezende pede instalação do GTA em municípios maranhenses

O deputado Stênio Rezende (PRTB) apresentou indicações pedindo à Mesa Diretora da Assembleia Legislativa que encaminhe expedientes ao governador Flávio Dino e ao secretário de Segurança Pública, Jefferson Portela, solicitando-lhes providências, objetivando a implantação de unidades Grupo Tático Aéreo (GTA) na sede dos municípios de Santa Inês, Bacabal, Balsas e em Carolina.
Segundo o deputado, as solicitações são de grande relevância para aqueles municípios, considerando a grande demanda que necessita do reforço do sistema de Segurança Pública por meio das operações aéreas no combate ao crime. “A adoção de medidas vai coibir os constantes assaltos a bancos que vem ocorrendo no interior do Estado do Maranhão”, frisou Stênio Rezende.
Dentre os municípios que compõem a região de Santa Inês constam: Santa Luzia, Pio XII, Satubinha , Bela Vista do Maranhão, Pindaré Mirim , Alto Alegre do Pindaré, Bom Jardim , Igarapé do Meio, Monção e Turilândia.
Entre os municípios que compõem a região de Bacabal, destacam-se: São Mateus, Alto Alegre do Maranhão, São Luiz Gonzaga do Maranhão, Peritoró, Olho D ́Água das Cunhãs, Bom Lugar, Vitorino Freire, Lago da Pedra e Lago dos Rodrigues. Já na região sul, composta por aproximadamente 15 municípios, destacam-se Balsas, São Raimundo das Mangabeiras, Sambaíba, São Felix de Balsas, Riachão, Carolina, Tasso Fragoso e Alto Parnaíba.
Compartilhar

Previsão de concursos para todo Brasil

Há mais de 34,7 mil vagas abertas em concursos públicos nesta se mana de março em todos os âmbitos (municipal, estadual e federal). As chances são para candidatos de todos os níveis de escolaridade, om ou sem experiência, inclusive ha vagas para estágio.
Confira os principais concursos abertos e aproveite este começo de mês para programar seus estudos!

Marinha do Brasil

A Marinha do Brasil está ofertando mais de 4 mil vagas em dois certames diferentes. Oprimeiro deles se refere ao concurso público para admissão de 2.200 novos integrantes das Escolas de Aprendizes-Marinheiros (CPAEAM 2015), com período de inscrições aberto até 09 de março de 2015.
segunda seletiva da Marinha é para ocupação de 1.860 vagas no Concurso de Admissão às Turmas I e II/2016 do Curso de Formação de Soldados Fuzileiros Navais (C-FSD-FN). As inscrições estão abertas até 30 de março de 2015.

MPT

O Ministério Público do Trabalho (MPT) abriu o seu 19º concurso público, para preencher nove vagas ao cargo de Procurador do Trabalho, profissional que irá reforçar os quadros das Procuradorias Regionais do Trabalho e nas Procuradorias do Trabalho nos Municípios a elas vinculadas, com lotação prevista nos estados do Rio de Janeiro (1ª Região), São Paulo (2ª), Rio Grande do Sul (4ª), Bahia (5ª), Pernambuco (6ª), Mato Grosso (23ª), Mato Grosso do Sul (24ª), Espírito Santo (17ª), Goiás (18ª) e no Distrito Federal (10ª).

As inscrições acontecem na página do concurso (www.mpt.gov.br/concurso) até 12 de março de 2015, ao custo de R$ 220,00.

 TRT 15
O Tribunal Regional do Trabalho da 15ª Região – Estado de São Paulo (TRT-SP), inscreve até o dia 10 de março para o concurso que preencherá 66 vagas imediatas e ainda formar cadastro reserva, visando preencher cargos de Analista e Técnico Judiciário (níveis superior e médio, respectivamente).
O concurso público será realizado sob a responsabilidade da Fundação Carlos Chagas. Os salários oscilam entre R$ 5.425,79 e R$ 8.863,84, de acordo com o grau de escolaridade do candidato.

Concursos previstos e outras oportunidades

Prosseguem sendo bastante aguardados os concursos públicos para o DEPEN, Correios, INSS, ANS, ABIN, ANAC, Funai e diversos outros órgãos federais. Veja a relação completa dos Previstos aqui
Para aqueles que estão querendo participar de processos seletivos nas suas regiões (município ou estado) , a nossa dica é que confiram a lista de concursos em andamento no país, atualizada diariamente.
Compartilhar

Finalmente o sonho da Ponte sobre o Rio Pericumã vai se tornar realidade

O governador Flávio Dino assinou na manhã desta sexta-feira, 6, um ordem de serviço poderá torná-lo o rei da Baixada Maranhense.
Trata-se da ordem de serviço para construção da ponte sobre o Rio Pericumã, um obra estruturante que por anos a fio tornou-se uma das principais demandas da população baixadeira.
A obra vai beneficiar 10 municípios da Baixada Maranhense: Bequimão; Central do Maranhão; Mirinzal; Guimarães; Cedral; Porto Rico; Cururupu; Serrano do Maranhão; Bacuri e Apicum-Açu. Até hoje nunca se soube explicar como os sucessivos governos não atentarem para a importância dessa ponte para região.
Há histórias e mais histórias, versões e mais versões, lendas e mais lendas sobre o porquê da ponte nunca ter saído papel.
O ex-deputado federal e ex-ministro Gastão Vieira, por exemplo, chegou a fazer uma reunião em Pinheiro, e na presença do prefeito Filuca Mendes e demais gestores municipais de cidades vizinhas, prometeu recurso para o projeto da obra. Não se tem notícias se o dinheiro chegou aos cofres do Estado, mas havia ao menos a intenção de fazer-se alguma coisa para viabilizar o projeto.
Contudo, o importante é que agora o sonho vai se tornar realidade e ponte sobre o Rio Pericumã, enfim, fará parte da vida da população baixadeira. E já tem a até proposta de nome para a ponte.
É que leitor Antonio Marcos, em comentário no post “Zé inácio faz registro sobre a importância da ponte sobre o Rio Pericumã” (reveja), sugeriu ao deputado petista que defenda que a ponte receba o nome de “Governador Antonio Dino”, em homenagem médico baixadeiro e idealizador, nos 70, da estrada que liga a margem do Rio Pericumã, do lado do município Bequimão à sede do município, e do outro lado até a sede de Mirinzal e de Central do Maranhão.
Do blog Robert Lobato
Compartilhar

Membro da UNICEF destaca serviços da Prefeitura de São Luís na plataforma de Centros Urbanos

O representante do UNICEF no Brasil, Gary Stahl, elogiou as ações que a Prefeitura de São Luís vem desenvolvendo no sentido de garantir os direitos das crianças e dos adolescentes, objetivo maior do projeto Plataforma dos Centros Urbanos (PCU), uma iniciativa do UNICEF na busca de um modelo de desenvolvimento inclusivo das grandes cidades. Gary Stahl esteve reunido com o prefeito Edivaldo esta semana para avaliar as ações do projeto na capital. Ele estava acompanhado da coordenadora do escritório do UNICEF no Maranhão, Eliana Almeida.
Entre os pontos destacados por Gary como muito positivos estão a integração de todas as secretarias nas ações, a desagregação dos dados e o envolvimento da comunidade na definição das prioridades para cada território. Para impulsionar a redução das desigualdades urbanas, a PCU propõe três estratégias essenciais: monitoramento da redução das desigualdades, participação social nas políticas públicas nos territórios intraurbanos e participação cidadã dos adolescentes.
“Estamos aqui  para para analisar os avanços até hoje da plataforma em São Luís. Queremos ver o que foi feito e o que falta fazer até aferir os resultados e celebrar o sucesso ao final de 2016”, disse Gary. “Eu acho muito bom o trabalho que a Prefeitura fez nesses últimos dois anos, em ações em que todos os secretários trabalham conjuntamente para produzir os resultados, porque os resultados não são na área de saúde, ou educação, ou planejamento, são na área das crianças”, completou.
O prefeito Edivaldo destacou que reduzir as desigualdades é um desafio grande que a Prefeitura assumiu ao lado do UNICEF de trabalhar para melhorar os indicadores da cidade. “Foi uma reunião com perspectivas positivas para a nossa cidade. Temos sido pioneiros no desenvolvimento desse trabalho de forma mais abrangente, com a implantação dos fóruns para que haja debate e mapeamento das demandas mais emergenciais”, destacou o prefeito, que reafirmou o compromisso de trabalhar em defesa da garantia dos direitos das crianças e adolescentes.
A reunião contou com a participação de vários secretários, entre eles a secretária Municipal da Criança e Assistência Social (Semcas), Andréia Lauande, que fez uma breve explanação do trabalho já desenvolvido, juntamente com a jornalista Lissandra Leite.
AÇÕES
Como metodologia, a PCU dividiu São Luís em 30 áreas, tendo como base a divisão censitária do IBGE. Nesses territórios foram analisados indicadores como taxa de mortalidade infantil, percentual de nascidos vivos de gestantes com sete ou mais consultas de pré-natal, taxa de homicídios entre adolescentes com idade entre 10 e 19 anos, percentual de crianças de quatro a cinco anos matriculadas na educação infantil municipal e percentual de escolas de educação básica que possuem quadra esportiva.
A secretária Andréia Lauande destacou que o trabalho foi feito de forma articulada com outras secretarias municipais que têm indicadores para serem avaliados e monitorados na Plataforma dos Centros Urbanos. “Nós realizamos os fóruns, monitoramos, montamos as comissões e agora estamos na fase de construir o plano de intervenção para que se possa até 2016 avaliar se de fato conseguimos mudar alguns indicadores e o que conseguimos melhorar para a qualidade da vida de crianças e adolescentes em São Luís”, disse.
Os próximos passos do projeto, segundo o que foi apresentado durante a reunião, são a realização de dinâmicas da Comissão Intersetorial, oficina com as comissões territoriais, sistematização dos planos territoriais, composição do Plano Municipal da Plataforma dos Centros Urbanos, execução do plano, apoio as ações de mobilização comunitárias e dos adolescentes, formação de Conselhos Tutelares e a Semana do Bebê.
A coordenadora do escritório do UNICEF no Maranhão, Eliana Almeida, disse que avalia como muito positivo o trabalho realizado até agora em São Luís. “Temos um resultado que é uma ação intersetorial, além do que a Prefeitura chega às comunidades e discute com as populações quais são os problemas e as prioridades e isso a gente considera extremamente avançado. Sem sombra de dúvidas, com os envolvimento dos diversos setores, vamos conseguir avançar na garantia dos direitos das crianças e adolescentes”, observou.
A ideia é que a coleta e organização dos dados possibilitem ao Executivo municipal identificar áreas de atuação prioritárias, norteando programas de governo e políticas públicas para a infância. A plataforma prevê ainda o monitoramento desses indicadores até o ano de 2016, para a melhor aferição dos resultados.
A articulação da Prefeitura de São Luís para alimentar a Plataforma inclui as secretarias da Criança e Assistência Social (Semcas); de Desportos e Lazer (Semdel); da Saúde (Semus); da Educação (Semed); do Meio Ambiente (Semmam), além da Fundação Municipal de Cultura (Func) e do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA).
SAIBA MAIS
Esta é a segunda edição da Plataforma dos Centros Urbanos (PCU) que abrange, além de São Luís, outras sete capitais brasileiras. Baseada no compromisso dessas cidades com a redução das desigualdades urbanas que afetam a vida de crianças e adolescentes, a iniciativa acompanha, a partir de uma parceria com as prefeituras e com os conselhos de direitos dos respectivos municípios, números indicadores do acesso das crianças e adolescentes à saúde, à educação, à proteção e ao esporte. Participam também desta edição os municípios de Belém, Fortaleza, Maceió, Manaus, Rio de Janeiro, Salvador e São Paulo.
Compartilhar

Edivaldo Holanda entrega novo Centro de Saúde no Cohatrac

O prefeito Edivaldo Holanda Junior, acompanhado da secretária Municipal de Saúde, Helena Duailibe, entregou na manhã desta quinta feira (05), o novo Centro de Saúde Salomão Fiquene, localizado no Bairro do Cohatrac. A reinauguração do posto faz parte de um cronograma de ações de reestruturação da rede municipal de saúde, que só em 2014, ampliou seis unidades básicas.   

A unidade teve toda a sua estrutura física reformada e recebeu nova pintura, alem de reparos nas instalações elétricas e hidráulicas e manutenção dos equipamentos. É composta de quatro consultórios de clínica médica e um de especialidades, um gabinete odontológico, salas para vacina e atendimentos básicos, como verificação de pressão arterial, curativos, e uma sala específica para nebulização.    

Com a revitalização do centro, os serviços oferecidos a população do Cohatrac e toda região metropolitana de São Luis, vai continuar contando com a assistência das equipes de saúde da família e atendimentos ao adulto, adolescente e saúde da criança, bem como, prevenção, diagnóstico, tratamento e acompanhamento para portadores de hipertensão e diabetes, tuberculose e hanseníase. O posto também oferece vacinação para cães e gatos.     

A reforma da unidade destaca ainda a ampliação dos serviços de atendimento especial a Mulher, como a prevenção do câncer, atenção ao pré-natal, parto e nascimento. Além disso, o Salomão Fiquene passa a oferecer consultas em cardiologia e dermatologia, e ainda disponibiliza uma Central para marcação de consultas que irá funcionar de segunda a sexta feira das 7h30 ao meio dia.      
“É um momento extremamente importante para a cidade de São Luís, pois avançar na área da saúde significa dar qualidade de vida a população, claro, que não apenas reformando as unidades básicas, mas a reforma do Socorrão I e II, a construção do novo Hospital da Criança, o Hospital da Mulher funcionando em plena atividade, e a construção de uma Maternidade na Cidade Operária. Estamos entrando no terceiro ano de gestão e avançando bastante na área da saúde”, destacou Edivaldo Junior.    
O Prefeito de São Luís ainda destacou parcerias importantes para a ampliação estrutural da saúde. “O governo Federal e Estadual tem contribuído de forma significativa para a reestruturação das unidades de saúde. Hoje, a cidade pode ver o Governador Flávio Dino e o Prefeito Edivaldo Holanda caminhando lado a lado, e em breve vamos assinar alguns convênios que vão melhorar o transito e a pavimentação das ruas”, pontuou.   
  
Para Helena Duailibe, secretária da Saúde, a revitalização do Centro faz parte do programa de reestruturação da Saúde de São Luís. “Este ano vamos reformar mais 20 unidades, fazendo com que os profissionais da saúde façam um atendimento mais humanizado a nossa população. O cronograma de reformas está aberto, e a partir deste mês as outras unidades já começam a ser entregues”, frisou.   

Estiverem presentes no ato solene, o secretário Municipal de Comunicação, Batista Matos, o Apóstolo Silvio, da Igreja MAIS, os vereadores Isaías Pereirinha e Professor Lisboa, além de lideranças comunitárias e a sociedade civil.   

Compartilhar

Jefferson Portela recebe certificado de reconhecimento da Associação de Usuários de Transportes

O secretário de Segurança Pública, Jefferson Portela, obteve nesta quarta-feira (04), reconhecimento oficial da Associação de Usuários dos Transportes Coletivos e Urbanos, Ferroviários, Rodoviários e Aéreos do Estado do Maranhão (AUTCFRA-MA). O secretário recebeu um certificado das mãos do presidente da associação, Paulo Henrique da Silva, em reconhecimento aos esforços do Governo do Maranhão, por meio da SSP, para reduzir os índices de criminalidade no estado.
O presidente da AUTCFRA-MA também agradeceu o apoio que a Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP) forneceu para evento da associação realizado no último dia 15 de fevereiro, na Praça Deodoro, com o tema “Segurança é coisa séria e é direito de todos”.
“Nós ficamos muito gratos pela parceria com a Secretaria de Segurança Pública”, disse o presidente da AUTCFRA-MA, Paulo Henrique da Silva, destacando os esforços de Jefferson Portela à frente da pasta. “Já é possível ver os resultados da atual gestão”, afirmou.
O secretário de Segurança Pública agradeceu o reconhecimento e reafirmou o apoio à associação. “Por determinação do governador Flávio Dino, nós temos um programa de aproximação com a população. Isso é fundamental. Então, é com alegria que recebemos esse certificado”, disse.
“Segurança é coisa séria e é direito de todos” foi o tema do evento da AUTCFRA-MA realizado em fevereiro. Na ocasião, representantes da Polícia Militar, Corpo de Bombeiros Militar, Grupo Tático Aéreo (GTA) e da Superintendência de Polícia Técnica Científica (SPTC) compartilharam experiências e informações sobre ferramentas e atividades desempenhadas no dia-a-dia da Segurança Pública.
Compartilhar

Defensoria do Maranhão garante desconto de energia que vai beneficiar 25 milhões de famílias no Brasil

Segundo a Defensoria Pública do Maranhão (DPE/MA), cerca de 25 milhões de famílias de baixa renda residentes em todo o Brasil, que integram o Cadastro Único para Programas Sociais do governo federal, serão automaticamente incluídas no Programa Tarifa Social para obter descontos de até 65% nas contas de energia elétrica. Para isso, basta agora o consumidor fornecer o número da unidade consumidora de energia elétrica no ato da atualização do cadastro.

A boa notícia foi comunicada esta semana ao Núcleo de Defesa do Consumidor da DPE/MA pelo Ministério de Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS), após o órgão federal atender à recomendação feita pela instituição maranhense para alterar o programa Cecad (Consulta e Extrações de Informações do Cadastro Único), inserindo o campo referente à unidade consumidora. Isso permitirá que a concessionária de energia inclua o consumidor no programa independentemente de requerimento.
Até ano passado para obter o benefício da Tarifa Social Baixa Renda, o consumidor, enquadrado no perfil do programa do governo federal, precisava preencher requerimento específico, solicitando o desconto à concessionária de energia elétrica que presta o serviço no seu estado de origem. O problema é que por falta de informações ou por conta da burocracia, muitos deixavam de requerer o benefício.
Detectando essa dificuldade, a DPE/MA, de forma paliativa, promoveu articulações com demais órgãos da área, para divulgação em massa dos benefícios do programa Tarifa Social e os seus requisitos de enquadramento. Entretanto, no intento de resolver o problema de uma forma definitiva, o Núcleo do Consumidor também buscou entendimento direto com o MDS, obtendo resposta positiva para a sua recomendação.
No Maranhão, segundo dados cadastrais de dezembro de 2014, existem quase 1,5 milhão de famílias no Cadastro Único, com renda de até meio salário mínimo, por pessoa, sendo que, dentre estas, aproximadamente 1,3 milhão têm acesso à energia elétrica. “Os dados repassados pelo MDS levam em consideração famílias, portanto, se multiplicarmos 1,3 milhão por quatro ou cinco, número médio de pessoas por unidade familiar, chegaremos a um universo de quase cinco milhões de pessoas que serão beneficiadas, automaticamente, com descontos em sua conta de energia elétrica a partir deste ano no estado”, ponderou o defensor público Alberto Bastos, titularizado no Nudecon.
No documento encaminhado à Defensoria, além da inclusão do campo unidade consumidora no Cecad, o MDS também destacou outras intervenções com o objetivo de tornar o procedimento de obtenção do desconto mais célere. Para tanto, disponibilizou recentemente um novo perfil de consulta on line ao Sistema de Cadastro Único, versão 7, para que as concessionárias tenham mais facilidade de acesso às informações cadastrais.

“Trata-se de uma importante conquista, com repercussão nacional e de natureza extrajudicial. É muito recorrente nos atendimentos individuais nos depararmos com pessoas que não têm condições de pagar as contas de luz, e mesmo se enquadrando no Programa Tarifa Social, não receberem os benefícios. Diante disso, iniciamos várias atuações no sentido de aprimorar esses canais, de forma a atingir um universo maior de pessoas. No caso deste programa, especificamente, que trata dos descontos de energia elétrica, a alteração nos procedimentos de inclusão é ainda mais urgente e necessária, frente à grave crise que o país enfrenta neste setor, com a criação de bandeiras de consumo e a autorização de aumentos e correções nas tarifas”, explicou o defensor público Alberto Bastos.

Compartilhar

Assembléia Legislativa comemora 180 anos de fundação

O presidente da Assembleia Legislativa do Estado do Maranhão, deputado Humberto Coutinho (PDT) abriu nesta quarta-feira (4), às 9h30 na área externa da Casa, as atividades da Sessão Solene dos 180 anos de instalação do Poder Legislativo Estadual.
As comemorações tiveram início com o hasteamento dos pavilhões Nacional (sargento Helena), do Maranhão (cabo Luciene) de São Luís (soldado Rosana), ao som do Hino Nacional, executado pela Banda da Polícia Militar, regida pelo Capitão Pereira.    
Em seguida, o presidente, deputados, diretores, convidados e demais funcionários participaram de um culto ecumênico, no plenário deputado “Nagib Haickel”, celebrado pelo major- capelão, pastor Mizael, e pelo capitão-capelão, padre José Raimundo.
Na oportunidade, o presidente Humberto Coutinho disse que a iniciativa de homenagear a passagem Dia do Legislativo Estadual Maranhense foi feita para reconhecer o trabalho dos homens e mulheres que ajudaram a construir a história política do Maranhão.   
Após o culto, o presidente participou da sessão solene em homenagem ao Dia do Legislativo. Na oportunidade, foram entregues placas a ex-deputados, ex-deputadas e  aos atuais parlamentares que ajudaram a construir a história da Assembleia.
Acompanharam o presidente Humberto Coutinho, o deputado Stênio Resende (PRTB), o prefeito do Município de Caxias, Léo Coutinho (PSB), o diretor de Assuntos Institucional, Rubens Pereira, diretores e dezenas de funcionários da Assembleia Legislativa.   
Compartilhar

Flávio Dino faz homenagem ao legislativo

O governador Flávio Dino (PCdoB) proferiu, na manhã desta quarta-feira (4), um discurso de homenagem ao Poder Legislativo, ressaltando o valor da independência dos Poderes e a vitalidade das instituições democráticas no Brasil. O pronunciamento marcou a abertura da Sessão Solene comemorativa dos 180 anos de instalação da Assembleia Legislativa do Estado, realizada no Plenário Nagib Haickel.
Discursando na tribuna da Casa, o governador Flávio Dino iniciou o seu pronunciamento dizendo que sua presença na solenidade deriva, em primeiro lugar, da homenagem à Instituição Parlamentar. Ele frisou, como ponto inicial de sua saudação, o momento tão relevante vivido hoje na história da Assembleia Legislativa maranhense.
“Esta Casa representa o povo do Maranhão, e faço esta homenagem ao Parlamento por ser exatamente a Casa da contradição, a Casa do conflito, a Casa do debate, em que as diferenças legítimas afloram e são dirimidas segundo a vontade popular dominante, numa determinada conjuntura”, discursou Dino.
O governador acrescentou que atua em harmonia e com independência, reciprocamente, em relação a Assembleia Legislativa, para sublinhar a imprescindibilidade de valorização do Parlamento como o centro da vida democrática.
Ele lembrou que os arquitetos Oscar Niemeyer e Lúcio Costa, quando projetaram Brasília para ser a nova capital do país, ao traçarem as linhas da Praça dos Três Poderes, colocaram ao centro, como o edifício mais majestoso, não o Palácio do Planalto ou o Supremo Tribunal Federal, mas sim, exatamente, o Congresso Nacional.
“O Congresso Nacional,está ali como um polo gravitacional para os demais Poderes e como também o estuário de todas as reivindicações populares com as suas grandes cúpulas, com as suas torres, a combinação de retas e curvas, que dizem respeito também ao quanto a sociedade é plural. Nem sempre são retas, nem sempre são curvas”
No seu pronunciamento, Dino afirmou ainda que a arquitetura desses profissionais, desses técnicos e intelectuais brasileiros, se presta também a sublinhar a centralidade que o Parlamento deve ter na vida democrática do país, sobretudo, em momentos de atribulação.
Em seguida, o governador Flávio Dino fez referência à lista apresentada pelo Procurador Geral da República, Rodrigo Janot, ao Supremo Tribunal Federal, com 54 nomes de parlamentares que serão investigados. Para o governador, este fato não pode ser visto como uma crise política ou institucional.
“Acho isso totalmente descabido porque na verdade este fato demonstra, ao contrário de uma crise, é que as instituições estão funcionando adequadamente, que nós temos um Ministério Público independente, que nós temos um procurador geral da República nomeado pela Presidenta Dilma Rousseff, mas que não se exime do dever de proceder as investigações, inclusive em relação ao partido da própria presidenta que o nomeou e assim também em relação a outros partidos políticos representados no Parlamento brasileiro”, frisou o governador.
Reflexão
Ele chamou a atenção para uma suposta crise política institucional, frisando que cabe uma reflexão, neste momento tão relevante em que o Parlamento maranhense faz 180 anos, acerca exatamente da vitalidade das instituições no Brasil e do apoio que deve ser dado para que todas as investigações sejam processadas e adequadamente processualizadas.
Ao dedicar uma homenagem muito especial à Assembleia Legislativa do Maranhão, o governador Flávio Dino destacou que a Casa sempre esteve presente nos grandes momentos da história maranhense. “Inclusive nos momentos de crise, em vários instantes em que infelizmente a constitucionalidade não foi observada no nosso País, mas, mesmo nesses momentos, o Parlamento procurou cumprir o seu papel”, afirmou.
Flávio Dino também fez questão de manifestar seu agradecimento público a todos os deputados e deputadas que fazem parte da atual legislatura. “Medidas de grande importância para o povo do Maranhão só têm sido possíveis em razão exatamente da compreensão dos parlamentares. E vejo e agradeço independentemente das posições políticas, ideológicas e dos Blocos Parlamentares que aqui estão”, observou.
O governador encerrou o seu discurso com mais elogios, reiterando a parceria com o Legislativo. “Me compete, mais uma vez, agradecer a compreensão dos parlamentares do governo, e dos parlamentares que honram, honram nosso governo figurando nas fileiras da Oposição, exatamente procurando atender a regra constitucional do pluralismo político ao qual nós respeitamos profundamente”, ressaltou.

Compartilhar

Número de profissionais do Programa Mais Médicos é duplicado pela Prefeitura de São Luís

A Prefeitura de São Luís contará com o dobro de médicos do Programa Mais Médicos atuando na rede municipal de saúde a partir desta terça-feira (3). Os novos vinte médicos designados para São Luís foram acolhidos em cerimônia na tarde desta terça-feira no auditório central da Universidade Federal do Maranhão (UFMA), da qual participaram o prefeito Edivaldo, o governador Flávio Dino e o ministro da Saúde, Arthur Chioro. Ao todo, novos 124 profissionais passarão a atuar na segunda etapa do programa no Maranhão.
O chefe do Executivo Municipal de São Luís representou os demais prefeitos maranhenses na mesa de abertura do evento. Edivaldo afirmou que o programa Mais Médicos é fundamental para a saúde da população de São Luís dentro da lógica de fortalecimento da atenção básica. A partir de agora, o Município passa a ter 39 profissionais de saúde participantes do Programa Mais Médicos.
“Este programa serve para suprir a deficiência de médicos na capital. Não somente em São Luís, mas também no interior do Maranhão. Daí sua importância. Nós, hoje, podemos ver essa foto bonita que é Prefeitura, governo do Estado e governo federal caminhando lado a lado com ações conjuntas”, festejou o prefeito Edivaldo. Recentemente o prefeito esteve com o ministro Chioro em Brasília, acompanhado da secretária municipal de Saúde, Helena Duailibe, articulando o incremento da rede municipal de saúde em São Luís, inclusive com o acréscimo de médicos para o atendimento.
Para o ministro Arthur Chioro, o acolhimento de novos profissionais é um momento de avanço, permitindo que milhões de brasileiros possam receber tratamento de saúde com a dignidade merecida. No entendimento do ministro, o programa contribui para a formação de uma grande rede. ´”E isto o que estamos fazendo. Quem realiza o Mais Médicos não é o governo federal. Ele apenas viabilizou, ajuda mobilizando as universidades. Mas quem se beneficia deste programa é a população”, disse o ministro.
O governador Flávio Dino recomendou aos médicos de outros estados incorporados ao programa que irão servir à população que se apaixonem pelo Maranhão e dediquem-se com grande afeto às pessoas, para que os sirvam com amor. “Faço questão de sublinhar isso publicamente”, reiterou o governador.
Na terceira etapa do programa do governo federal, o Município deve receber mais 20 médicos. Eles atuarão exclusivamente no Programa de Saúde da Família. “Sempre que temos batido à porta do governo federal, temos sido bem recebidos”, ponderou o prefeito. Em parceria com o governo federal, a Prefeitura de São Luís iniciou a construção a maternidade da Cidade Operária, realiza várias reformas na rede hospitalar como Socorrão I, Socorrão II, Hospital da Criança e em unidades básicas de saúde.
Algumas destas unidades foram entregues no ano passado e outras serão entregues ainda este ano. Esta semana, o prefeito Edivaldo deve entregar mais uma unidade básica de saúde totalmente reformada, desta vez no bairro do Cohatrac.
O prefeito disse ainda acreditar em uma mudança do quadro atual de atendimento da rede municipal de saúde da capital, ocupada em mais de 60% por pacientes procedentes de outros municípios maranhenses. A maior concentração ocorre nos hospitais de urgência e emergência da rede municipal: os hospitais Socorrão I e I.
“Com o governo Flávio Dino, temos outra perspectiva. Hoje o que nós sofremos é consequência do passado. Esse é um quadro que nós herdamos. Mas em médio e longo prazo, iremos mudar essa realidade. É claro que com a nova administração esse quadro tende a mudar, pois o governador tem um olhar especial para o interior do estado e para a descentralização dos hospitais”, explicou o prefeito.
A secretária de Saúde Helena Duailibe explica que os 39 profissionais do Programa Mais Médicos estão distribuídos em 28 das 54 Unidades de Saúde da Família do Município. “Com isso, nós teremos em unidades mais distantes, justamente onde precisamos, mais médicos em tempo maior”, disse a secretária.
Os médicos do programa desempenham atividades em uma carga horária de 32 horas, sendo mais oito horas dedicadas a estudos em especialização médica. Formado pela UFMA, o médico José Borba, 28 anos, tem avaliação positiva sobre o programa. “É interessante para todo profissional recém formado para adquirir uma formação mais variada, independente da sua expectativa”, avalia Dr. Borba, que vai atuar na Unidade de Saúde da Família da Cidade Olímpica.
A solenidade foi prestigiada ainda pelo reitor da UFMA, Natalino Salgado, e por prefeitos maranhenses, secretários de Saúde e pela comunidade acadêmica.
Informações da Prefeitura
Compartilhar