PM reage a ação da Adepol contra Serviço Velado

A proposta defendida pela Associação dos Delegados da Polícia Civil do Maranhão (Adepol) de extinção do Serviço Velado da Polícia Militar do Maranhão já provocou reação de policiais militares.

Num documento oficial encaminhado no fim do mês de janeiro ao secretário de Estado da Segurança Pública, Jefferson Portela, os delegados argumentam que a existência da unidade na PM configura-se como “usurpação das tarefas da Polícia Judiciária” (veja abaixo).

Um membro do Velado, em texto encaminhado ao Blog do Gilberto Léda, já fez um contraponto.

“Ora senhores, vamos parar de ser hipócritas, se é dever de todos, e se eu como cidadão comum poderia prender em flagrante delito, me responda agora se estaria eu cidadão comum usurpando as tarefas de Polícia Judiciária. Prosseguindo com o raciocínio, o Serviço de Inteligência da Polícia Militar do Maranhão, no uso de suas atribuições legais não pode fazer levantamentos, e obedecendo ao que diz nossa legislação fazer a condução de criminosos em flagrante delito à delegacia?”, questiona.

Baixe aqui a íntegra do texto do PM.

Compartilhar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *