Sérgio Moro foi bem na política mas péssimo juridicamente, diz Flavio Dino

O ministro da Justiça, Sérgio Moro, passou cerca de 9 horas em audiência na Comissão de Constituição e Justiça do Senado para explicar as conversas publicadas pelo site The Intercept, nas quais ele faz acordos com procuradores. Moro questionou as veracidade das mensagens, mas sempre evasivo com relação às perguntas se ele, de fato, teve tais conversas.

Moro disse mais de 30 vezes que aquilo era algo normal, “absolutamente normal”, “absurdamente normal”.

O governador Flávio Dino disse que foi uma boa peça política produzida por Moro, mas que juridicamente, foi péssimo, já que tentou normalizar as atuações que violam o dever de imparcialidade do juiz.

“Sérgio Moro pode ter produzido uma peça política ontem, ao ir depor no Senado e aparentemente sobreviver. Mas como narrativa jurídica aquilo lá foi péssimo. Se limitou a esconder-se na suposta ilicitude das provas e tentou normalizar absurdas violações ao dever de imparcialidade”, escreveu

Clodoaldo Correa

Compartilhar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *