SSP vai implantar Canil Integrado no Maranhão

Em reunião nesta sexta-feira (20), na Secretaria de Segurança Pública, o subsecretário, Del. PC Saulo Ewerton, juntamente com a equipe de técnicos e assessores da SSP, Polícia Civil, Polícia Militar, Corpo de Bombeiros Militar e Guarda Municipal de São Luís, debateu pontos e formou o Grupo de Trabalho para a elaboração do projeto do Canil Integrado da Segurança Pública em cooperação da Universidade Estadual do Maranhão (UEMA).

A parceria dos órgãos do Sistema de Segurança Pública com a Universidade resultará não só em benefícios para as instituições, nos campos da pesquisa comportamental e saúde animal, como também para o aprimoramento das atividades policiais e sociais que já são desenvolvidas pelos órgãos de Segurança.

O subsecretário de Segurança destacou que a SSP está realizando uma real integração entre as Força de Segurança Púbica Estaduais e do município de São Luís, na atividade de utilização dos cães de busca, faro e de defesa. Frisando que cada atividade tem suas especificidades de utilização desses animais. O delegado de PC Saulo Ewerton, destacou ainda “que buscamos na realidade é o nivelamento de conhecimento e a busca de bons resultadospara a sociedade, o que já está sendo realizado pela SENARC através do Vine, cão de faro, da raça Pastor Belga Malinois”.

O Guarda Municipal de 1° Classe, David Morais, que já realizou diversos cursos na área de cinotecnica nos estados do Pará, Minas Gerais e São Paulo, foi o responsável por desenvolver o canil da Guarda Municipal de São Luís, que teve início em 2014, já no comando do GM Ivonaldo Mota.

David Morais ainda frisou: “Estamos com o processo de implantação do canil sendo efetivado com várias ações piloto. Desenvolvemos ações com cães que foram doados e outros adquiridos pela Guarda. Já desenvolvemos uma parceria com a PM no trabalho de segurança escolar que o 6° Batalhão (área da Cidade Operária) vem desempenhando sob o comando do tenente-coronel Aritanã Lisboa. Participamos ainda de ações sociais, como por exemplo, a Exposição sobre Segurança no Maranhão (ExposegMA).

Cabe frisar, que também, desde de 2016 a Guarda Municipal tem mantido uma parceria com a Polícia Civil,  através da Superintendência Estadual de Repressão ao Narcotráfico (SENARC), com destaque para as ações com o investigador Diego Santos, que adestra o cão policial “Vini”, atuante no combate ao tráfico de drogas.

O soldado PM Guilherme Cardoso, do Pelotão Especial de Cães do Batalhão de Choque da PMMA, ressaltou a importância do começo desse projeto.“As Forças de Segurança estão aqui reunidas para definir o que é melhor na técnica de cães policiais, tanto no canil da PM, que já tem 30 anos, quanto no canil da Polícia Civil, que está se formando agora,  e futuramente o do Corpo de Bombeiros que se faz de extrema necessidade”, destacou.

O major CBM Rildo Rocha, enalteceu a parceria e o convite para o Corpo de Bombeiros no projeto invovador da SSP. “O Corpo de Bombeiros foi chamado para somar nesse projeto, pois se trabalha também com o social, a prevenção nas áreas de busca e resgates com o uso de animais. Essa ideia nasceu no coração da SSP e acredito que a curto prazo já estará em pleno funcionamento”; ratificou.

Vale ressaltar que será a primeira integração no Brasil na atividade com cães de serviço envolvendo as forças de segurança estaduais e municipais, sendo um marco positivo e uma conquista ampla do Sistema de Segurança Pública, tendo como gestor o secretário Jefferson Portela.

ASCOM SSP

Compartilhar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *