TCE manobra para que candidato condenado dispute eleições em outubro em Paço do Lumiar

Às vezes me questiono até aonde podemos confiar nos órgãos competentes para julgarem aqueles que, descaradamente, mete a mão no dinheiro público, é condenado por tal ação e o mesmo órgão que julgou irregular suas contas levando ele ao julgamento e condenação, retira de forma holodunica seu nome dos fichas sujas.

Em uma consulta minuciosamente aos “ficha suja” do município de Paço do Lumiar, não encontramos registro do candidato condenado GILBERTO AROSO, o mesmo teve suas contas julgada irregular, foi condenado a prisão por um colegiado em segunda instancia e de forma misteriosa não é um ficha suja.

Documentos do próprio TCE dão conta que o meliante Gilberto Aroso, possui registo de contas julgadas irregularmente em seu CPF, ao período dos últimos 8 anos.

O que nos chamou à atenção foi a divulgação dos candidatos que não poderão ser candidatos, sendo assim é desdenho a justiça do Maranhão e do ministério público do estado do Maranhão, pois como um condenado da justiça, com seus direitos eleitorais cassados por 8 anos e de alguma forma conseguiu registrar um candidatura de forma, meio que irregular, pois a condenação existe, a prisão foi cumprida – mesmo que tenha sido por um curto espaço de tempo – mais não podemos deixar tal fato impune e aceitar de forma alguma que um condenado retorne ao poder de forma sorrateira e irregular.

Segue abaixo documentação que mostra a manobra feita pelo TCE “MALANDRAMENTE”.

blog João Silva
Compartilhar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *